Corregedoria faz visita técnica aos cartórios de Imperatriz

Serventias Extrajudiciais
12/05/2022
Márcio Rodrigo

Durante visita técnica realizada na Comarca de Imperatriz, no período de 8 a 12 de maio, o corregedor-geral da Justiça, desembargador Froz Sobrinho, verificou os serviços cartorários do município com objetivo de fortalecer o diálogo com delegatários, delegatárias e verificar a correção de pendências apontadas durante inspeção realizada anteriormente nessas unidades por equipe da CGJ-MA.

A juíza Ticiany Palácio, auxiliar da Corregedoria e responsável pelas Serventias Extrajudiciais, auxiliou o corregedor durante visita ao 2º, 4º, 5º e 7º ofícios, onde foi possível verificar se houve o lançamento de informações nos sistemas informatizados de registro nacional, cumprimento de normas da CGJ, condições de estrutura predial, cumprimento de horário de funcionamento e qualidade de atendimento ao público, acessibilidade, informatização do acervo, guarda de livros, dentre outros.

Visita técnica ao 5º Ofício de Imperatriz

No 2º Ofício Extrajudicial o corregedor foi recebido pela interventora Guiomar Bittencourt, tabeliã do 7º Ofício, indicada para responder pelo cartório por um período de 90 dias em razão de penalidade disciplinar aplicada pela Corregedoria à tabeliã titular. Parte considerável das pendências apontadas na última inspeção foram sanadas. O corregedor abriu prazo para que a serventia informe o cumprimento de todas as recomendações feitas em relatório da CGJ.

No 4º e 5º ofícios, além de conversar com os usuários do sistema extrajudicial no momento da visita, o corregedor conferiu 15 dias de prazo para o saneamento das pendências cadastrais informadas em relatório de Inspeção Judicial.

Segundo a juíza Ticiany Palácio, essas visitas servem, principalmente, para estreitar a comunicação da Corregedoria com os delegatários, de modo que diante de qualquer dificuldade possa haver a busca de melhorias por ambos os lados. “E nesse diálogo nós esclarecemos a importância da serventia manter em dia as atualizações de todos os sistemas que são obrigatórios, além de estar com a documentação fiscal atualizada junto à CGJ, dentre outros”, pontuou.

7º OFÍCIO



Durante visita ao 7º Ofício - responsável pelo Tabelionato de Notas e Registros, a delegatária Guiomar Bittencourt informou que a serventia está com 80% do acervo já digitalizado, o que tem sido essencial para conferir agilidade no momento do atendimento e consulta de informações à população que busca os serviços do cartório.

“Fizemos uma reforma e buscamos dar o melhor conforto e atendimento não apenas para os nossos clientes, mas também qualidade de vida no trabalho para todos os nossos colaboradores, pois é aqui que passamos um terço do dia”, destacou.

Froz Sobrinho elogiou a estrutura física e a qualidade de atendimento prestado ao público. Ele conheceu todos os setores do cartório, que conta atualmente com cerca de 30 colaboradores.

“Se o 7º Ofício de Imperatriz conseguiu alcançar um bom nível de informatização, atendimento ao público e organização funcional no que diz respeito, inclusive, aos documentos obrigatórios, é porque todos podem alcançar esse padrão. Continuaremos dialogando com os delegatários, e propondo a ajudar no que for preciso e possível, mas cobrar para que o Serviço Extrajudicial continue se aprimorando com a era de informatização”, ressaltou o magistrado.

Digitalização do acervo do 7º Ofício está vias de ser concluída.

 

Assessoria de Comunicação 

Corregedoria Geral da Justiça

asscom_cgj@tjma.jus.br

GALERIA DE FOTOS

Corregedoria

ÚLTIMAS NOTÍCIAS ver mais


NOTÍCIAS RELACIONADAS