POLOS JUDICIAIS

Os polos judiciais foram criados com a finalidade de possibilitar a melhor gestão administrativa e de recursos materiais destinados às varas e juizados em todo o Estado. Por meio da análise de dados, é possível elaborar diagnósticos para o processo de planejamento de ações, a exemplo de treinamentos, lotação de servidores e definição de estratégicas diversas.

Em 2018, por meio do Provimento Nº 43, o Maranhão passou a ter 11 polos judiciais. Posteriormente, com a reordenação realizada pela Corregedoria Geral da Justiça, por meio dos provimentos 14 e 19 de 2019, o Judiciário maranhense passou a contar ter 12 polos judiciais, cada um deles contemplando um conjunto de comarcas, seguindo critério geográfico.