Núcleo de Sustentabilidade apresenta PLS 2021-2026

08/04/2022
Ascom/TJMA

Nessa quinta-feira (7), o presidente do Plano de Logística Sustentável (PLS) do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), desembargador Jorge Rachid, em reunião virtual, apresentou e ratificou o Plano de Logística Sustentável 2021-2026 do Poder Judiciário do Maranhão.

Na abertura, o desembargador Jorge Rachid explicou que o PLS é uma ferramenta de gestão e está alinhado à Estratégia Nacional do Judiciário e ao Planejamento Estratégico deste Poder, norteado pela Resolução 400/2021 do CNJ, que é o normativo que rege a política de sustentabilidade do Judiciário e determina que os tribunais devem elaborar seu Plano de Logística Sustentável com objetivos, indicadores, metas e prazos, setores responsáveis de forma a monitorar e avaliar os resultados para que se possa acompanhar as práticas de sustentabilidade, racionalização e qualidade, com o objetivo de desenvolver instituições eficazes, responsáveis e transparentes, garantindo a tomada de decisão responsiva, participativa e representativa em todos os níveis. 

Jorge Rachid enfatizou que o compromisso da execução integral do PLS é fundamental para o bom resultado do Índice de Desempenho da Sustentabilidade (IDS) do Poder Judiciário do Maranhão, utilizado para o parâmetro comparativo no balanço de sustentabilidade.

“Diante disso, assumir o compromisso para a execução integral deste novo PLS é essencial para um bom resultado do Índice de Desempenho da Sustentabilidade (IDS) e para a pontuação no Prêmio CNJ de Qualidade, cuja obtenção do Selo Ouro está prevista como meta para o TJMA, para os anos de 2022 a 2024 e Selo Diamante para 2025 e 2026, conforme estabelecido no Planejamento Estratégico 2021-2026”, frisou o desembargador.

Nesse sentido, foi elaborado o PLS-TJMA 2021-2026, fruto de um trabalho coletivo que reuniu 10 Grupos Executivos, em mais de 15 reuniões, com a participação de cerca de 60 gestores e gestoras das mais diversas áreas, para apresentação dos indicadores e aprovação das metas.

“A elaboração dos índices das variáveis está excelente, demonstra que é fruto de um trabalho de quem conhece realmente a instituição”, ressaltou o juiz Francisco Reis, coordenador de Gestão Estratégica e Modernização.

“Esse processo de mudança organizacional é muito desafiador. Essa noção já está incorporada em nosso pensamento, exatamente por essa conscientização e reeducação que o Núcleo fez. É muito interessante termos um membro da Corte totalmente seduzido pela causa e a defendendo com tanta veemência”, comentou a subdiretora-geral do TJMA, Mariana Clementino Brandão.

“Criar essa nova cultura no Tribunal não foi fácil. Quando seguramos essa bandeira, tive algumas resistências, mas com o tempo, começaram a caminhar do nosso lado. Aprendi muito, agradeço e me sinto honrada em fazer parte dessa equipe que, aos pouquinhos, foi crescendo com o desembargador Rachid, que nos conscientizou muito. O senhor está brigando por uma causa muito maior do que o TJMA: é pelo Estado, pelo Brasil, pelo mundo, é pela terra”, assegurou a diretora administrativa, Maria do Socorro Patrice Carvalho.

O desembargador Jorge Rachid disse que o PLS está pronto e, a partir de agora, será a bússola que guiará a responsabilidade socioambiental no Poder Judiciário maranhense, razão pela qual a Comissão Gestora se reúne para ratificar e celebrar o resultado deste árduo trabalho. Após a sua ratificação, ele será encaminhado para aprovação da Alta Administração do tribunal e publicação.

Jorge Rachid acrescentou que vai enviar o Plano de Logística Sustentável (PLS) para todos os juízes, juízas, coordenadores e coordenadoras de Fóruns nas comarcas. “É muito importante a interiorização desses nossos objetivos. Vamos fazer a nossa parte de conscientizar as pessoas”, afirmou. 

No encerramento da reunião, o desembargador Jorge Rachid parabenizou a todos e  a todas pelo empenho. “Por fim, quero agradecer aos senhores e às senhoras, que foram fundamentais nessa construção, cientes de que nossos esforços não serão em vão”, finalizou.

O encontro virtual também contou com a participação de Lisiane Seba Salomão da Silva (representando a Corregedoria Geral da Justiça); Osman Aguiar Bacellar Neto (representando a Escola Superior da Magistratura do Maranhão); Eduardo Henrique Cutrim Falcão (representando a Diretoria de Engenharia); Carlos Augusto Fortaleza Castro (representando a Diretoria de Engenharia); Diretor Financeiro, Amudsen da Silveira Bonifácio; o Diretor de Informática e Automação, Paulo Rocha Neto; Diretora Judiciária, Denyse Reis Batista; Laércio Leão Amaral  (representando a Diretoria Judiciária); Diretora de Recursos Humanos, Danielle Mesquita de França Sousa; Helton Costa de Loiola (representando a Diretoria de Segurança Institucional e Gabinete Militar); Hayla Vanessa Araújo Castelo Branco  (representando o Núcleo de Gestão Socioambiental) e Paulo Dominice de Moraes Filho (representando a Divisão de Acompanhamento de Dados Estatísticos).

Agência TJMA de Notícias
asscom@tjma.jus.br
(98) 3198 4373


 

GALERIA DE FOTOS