TJMA inaugura sistema de energia solar nesta terça-feira

Duas primeiras micro usinas serão entregues nas unidades judiciais de Paço do Lumiar e Raposa
25/04/2022
Paulo Lafene

O presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Lourival Serejo, e o presidente do Plano de Logística Sustentável (PLS) e do Núcleo Socioambiental do TJMA, desembargador Jorge Rachid, inaugurarão, nesta terça-feira (26), as duas primeiras micro usinas de energia solar do Judiciário estadual, nas unidades dos termos judiciários de Paço do Lumiar e Raposa, ambos da Comarca da Ilha de São Luís.

As micro usinas serão entregues a partir das 16h, no município de Raposa e, na sequência, no de Paço do Lumiar. Elas fazem parte da primeira etapa de um projeto que totalizará 2.400 placas e um sistema de 1.32 MWp (megawatt-pico), com capacidade de geração de 160 mil kWh (quilowatts-hora) por mês.

A iniciativa conjunta do presidente da Corte, desembargador Lourival Serejo, e do presidente do PLS, desembargador Jorge Rachid, prevê ainda a extensão do sistema – numa próxima fase da primeira etapa – para o Fórum Desembargador Sarney Costa, em São Luís (1.474 placas – Sistema de 810.7 kWp) e nos fóruns das comarcas de Rosário (202 placas –Sistema de 111.1 kWp), Bacabal (202 placas – Sistema de 111.1 kWp) e Caxias (278 placas – Sistema de 152.9 kWp).

O analista judiciário e engenheiro eletricista Patryckson Marinho Santos, que representa o corpo técnico responsável por executar as decisões da área de energia do TJMA, disse que as duas micro usinas pioneiras, Raposa e Paço do Lumiar, terão 166 placas – Sistema de 91.3 kWp e 78 placas – Sistema de 42.9 kWp, respectivamente.

A título de comparação, ele explica que a de Raposa gerará 11.100 kWh de energia elétrica, enquanto a de Paço do Lumiar será responsável por uma geração de 5.200 kWh de energia elétrica.

Quando a primeira etapa do projeto estiver concluída, o sistema vai gerar 1.92 GWh (gigawatt-hora) por ano.


Agência TJMA de Notícias
asscom@tjma.jus.br
(98)3198-4370

GALERIA DE FOTOS