COLEGIADOS | Comitê de Ética e Conselho Técnico-Científico da ESMAM têm novos membros

06/08/2020
Comunicação ESMAM

O Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) e o Conselho Técnico-Científico (CTCE) - instâncias colegiadas para emissão de pareceres e avaliação de projetos de pesquisa do Programa de Pós-Graduação e Pesquisa (PPGP) da Escola Superior da Magistratura do Maranhão (ESMAM) - estão com novos membros. A escolha dos integrantes foi feita pelo diretor da instituição, desembargador Froz Sobrinho, por meio das Portarias ESMAM 011 e 012/2020.

Passam a Integrar o CTCE: os juízes Holidice Cantanhede Barros, Edmar Fernando Mendonça de Sousa, Douglas de Melo Martins e Anderson Sobral de Azevedo. Os servidores Railander Quintão de Figueiredo e Arthur Darub Alves participam como representantes da Coordenadoria de Pós-Graduação e Pesquisa da ESMAM e da Secretaria Geral, respectivamente.

São membros titulares do Comitê de Ética: o desembargador Raimundo Barros de Souza; os juízes Douglas de Melo Martins,  Douglas Lima da Guia, Edmar Fernando Mendonça de Sousa,  Marcela Santana Lobo, Mirella Cézar Freitas e Rosângela Santos Prazeres Macieira e as servidoras Martina de Araújo Lobato e Karla Andrea Santos Lauletta. Participam como suplentes os servidores da ESMAM Adeilson de Abreu Marques e Carlos Magno Belo Pereira.

PRODUÇÃO E COMUNICAÇÃO CIENTÍFICAS

Ambos os órgãos dão suporte ao Programa de Pós-Graduação e Pesquisa (PPGP) da ESMAM, instituído pela Portaria 015/2019. “O objetivo do CEP é assegurar o respeito às premissas inerentes à produção e à comunicação científica, aos adequados padrões éticos e metodológicos observando as normas e diretrizes regulamentadoras de pesquisa nos campos das Ciências Humanas e Sociais”, destaca o diretor.

Já o CTCE, foi estruturado para apoiar e orientar a política de Pós-Graduação e Pesquisa da ESMAM. Entre as várias atribuições, o órgão é responsável, pelo acompanhamento dos cursos e atividades de pesquisa, realizando avaliações periódicas e auxiliando na proposição e implementação de cursos, eventos, núcleos, grupos e projetos de pesquisa. "Os membros do Conselho também devem apoiar a instituição no estabelecimento e na consolidação de parcerias, integração às redes de pesquisa no Brasil e no exterior, dentre outras iniciativas", complementa o magistrado.

Comunicação ESMAM
(esmam@tjma.jus.br)
Facebook - @esmam.tjma
Instagram - esmam_tjma

 

GALERIA DE FOTOS