Empresas são premiadas pelo Tribunal de Justiça

Iniciativa integra o projeto Valoriza Mulher

12/12/2022
Ascom/TJMA

O Tribunal de Justiça do Maranhão – por meio da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Cemulher/TJMA) – promoveu solenidade de premiação da 4ª edição do projeto “Valoriza Mulher”, nesta segunda-feira (12). O evento foi realizado na sede da Coordenadoria (Rua de Nazaré, nº 58, Centro Histórico de São Luís).

Durante a solenidade, empresas receberam troféus do Judiciário por desenvolverem ações e projetos de prevenção contra a violência doméstica e familiar e garantia dos direitos das mulheres, no ambiente corporativo e nas comunidades do entorno.

Foto mostra o presidente da Cemulher/TJMA, desembargador Cleones Cunha, falando ao microfone, ao lado de desembargadores e desembargadora.

O presidente da Coordenadoria Estadual da Mulher do TJMA, desembargador Cleones Cunha, enfatizou a importância e o alcance social da iniciativa, que visa reconhecer e incentivar empresas a realizarem ações de valorização às mulheres. “O trabalho desenvolvido pelas empresas premiadas é fundamental para a valorização, o respeito e a dignidade das mulheres. Afinal, a nossa luta é diária para diminuir a violência, a discriminação e a desigualdade contra as mulheres neste país”, pontuou.

O corregedor-geral da Justiça, desembargador Froz Sobrinho, ressaltou a relevância da premiação e da necessidade de um tratamento igualitário entre homens e mulheres em nossa sociedade. “A sociedade precisa conceber o tratamento igualitário entre homens e mulheres como natural. Esta valorização é de estímulo às empresas que nos ajudam no combate a qualquer forma de discriminação e violência contra as mulheres”, destacou.

Compareceram à solenidade o 2º vice-presidente do TJMA, desembargador Marcelino Chaves Everton; a desembargadora Maria Francisca Gualberto de Galiza; a diretora financeira geral da Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA), juíza Laysa Mendes, no ato representando o presidente, juiz Holídice Barros; a juíza auxiliar da Comarca da Ilha de São Luís, Ticiany Gedeon; a juíza Gabriela Everton; representantes de empresas e instituições; servidores e servidoras da Cemulher/TJMA.

Foto mostra diversas pessoas em pé, durante evento de premiação do Valoriza Mulher, em uma sala na sede da CEMULHER/TJMA.

PREMIAÇÃO

Durante a solenidade, receberam os troféus da premiação Valoriza Mulher: Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP), representada pelo presidente da empresa, Eduardo de Carvalho Lago Filho; Montisol Construção e Manutenção Limitada, representada pelo diretor executivo, Fernando Lima; Ela Faz Tecnologia em Serviços Ltda, representada pela CEO Lívia Silva Soares; Pestana Azevedo & Santos, sociedade de advogadas, representada pela sócia gestora Patrícia Pestana Moura de Azevedo.

A CEO da empresa Ela Faz Tecnologia em Serviços Ltda, Lívia Soares, ressaltou o valor da premiação realizada pelo TJMA, como um estímulo ao trabalho que a empresa desenvolve. “Este reconhecimento é fundamental para a credibilidade da nossa empresa, para continuarmos impactando as vidas de diversas mulheres através da autonomia financeira, contribuindo, então, para que elas possam exercer toda a sua potencialidade e, assim, viverem de forma plena as suas vidas”, disse.

HOMENAGEM

Durante o evento, foi homenageado o Grupo Mateus, representado pela advogada Lívia Ribeiro, pela colaboração no desenvolvimento de ações, projetos e programas de enfrentamento à violência doméstica e familiar contra as mulheres.

O grupo colaborou, inclusive, com a realização do Concurso Literário “Maria Firmina dos Reis”, de repercussão nacional, em suas duas edições, nos anos de 2021 e 2022.
Para Lívia Ribeiro, representante do Grupo Mateus, a premiação reafirma o compromisso da empresa na valorização da potencialidade feminina. "Para o nosso grupo, a mulher está no centro de tudo! Esta parceria com o Judiciário é perfeita! Estamos aqui apoiando as mulheres e para sempre apoiaremos todas elas", afirmou.

CEMULHER

A Coordenadoria Estadual da Mulher funciona no Centro Guaxenduba, casarão situado na Rua de Nazaré, n° 58, próximo ao Palácio da Justiça, no Centro Histórico de São Luís. É um órgão permanente de assessoria da Presidência do TJMA, que atende todo o Estado do Maranhão, oferecendo um conjunto de ferramentas para o enfrentamento à violência doméstica e familiar em parceria com a rede de enfrentamento à violência contra a mulher.

 

Confira o Álbum de Fotos no Flickr do TJMA.

Agência TJMA de Notícias
asscom@tjma.jus.br
(98) 3198-4373

 

GALERIA DE FOTOS