Atividades do projeto Bem-Estar no Judiciário acontecem até o dia 26

Iniciativa é promovida pela Diretoria de Recursos Humanos

23/09/2022
Amanda Campos

O Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) promove, até o dia 26 de setembro, o projeto “Bem-Estar no Judiciário”, etapa Setembro Amarelo, em São Luís e nas comarcas de Mirador, Paraibano e Passagem Franca.

A iniciativa é realizada pela Diretoria de Recursos Humanos do TJMA, por meio da Coordenadoria de Serviços Médico, Odontológico e Psicossocial, com o intuito de promover ações educativas e assistenciais em saúde multidisciplinar, voltadas para a qualidade de vida e bem-estar de magistrados(as), servidores(as) e colaboradores(as).

A programação foi aberta, oficialmente, no dia 15, pelo presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Paulo Velten, durante a palestra “Sentido da vida e saúde mental”, ministrada pela psiquiatra da Divisão Médica do TJMA, Talita Serra, e pela psicóloga do TJMA, Tatiana Carvalho, no auditório do Centro Administrativo (Rua do Egito, Centro). As atividades foram iniciadas no dia 14 de setembro. 

Anualmente, o TJMA promove a campanha Setembro Amarelo, com o intuito de conscientizar a sociedade sobre a importância do combate e prevenção ao suicídio.

SERVIÇOS

A programação do projeto “Bem-Estar no Judiciário” inclui atendimentos no prédio-sede do TJMA; Centro Administrativo do TJMA (Rua do Egito), na Divisão Psicossocial e no auditório; no Centro Administrativo (Alemanha); na Corregedoria Geral de Justiça (CGJMA); no Fórum Desembargador Sarney Costa, na Divisão Médica-Odontológica e no auditório; além das comarcas de Passagem Franca, Mirador e Paraibano.

De acordo com o projeto, estão sendo oferecidos diversos serviços, tais como: ginástica laboral; consulta com nutricionista; massagem relaxante com fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais; auriculoterapia com terapeuta ocupacional; palestra; rodas de conversa (com nutricionista e psicólogo); campanha de vacinação, dentre outros.

PARCERIAS

Para esta nova etapa do projeto Bem-Estar no Judiciário, o programa firmou parceria com a Secretaria de Estado de Gestão, Patrimônio e Assistência dos Servidores (Segep), por meio do Projeto Bem-Estar, voltado para promoção de saúde e qualidade de vida dos servidores públicos estaduais; e com o “Projeto Florescer”, desenvolvido pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), que tem como finalidade promover serviços em saúde mental priorizando ações e medidas preventivas do adoecimento psíquico; e com o Projeto FisioEda, de fisioterapia para promoção da saúde e tratamento de dor através da utilização de aparelhos e equipamentos fisioterápicos.

DADOS

O suicídio é um importante problema de saúde pública, que atinge todo o mundo e gera grandes prejuízos à sociedade. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), todos os anos, há mais pessoas que morrem em decorrência de suicídio do que de malária, HIV ou câncer de mama - ou guerras e homicídios.

De acordo com pesquisa realizada pela OMS, em 2019, foram registrados 700 mil casos, com estimativa de mais de 1 milhão de casos de suicídio no mundo, incluindo os subnotificados. No Brasil, os registros se aproximam de 14 mil casos por ano, principalmente entre jovens.

ONDE PROCURAR AJUDA

Para obter ajuda e apoio emocional de prevenção ao suicídio, o Centro de Valorização da Vida (CVV), atende de forma voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias, discando 188.

No Maranhão, também há atendimentos disponíveis nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), hospitais, postos de saúde, Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e nas secretarias municipais de saúde.
 
Confira, abaixo, as relações das especialidades, tipos e horários de atendimentos em São Luís e nas comarcas. 

 

 

Agência TJMA de Notícias

asscom@tjma.jus.br

(98) 3198-4300

GALERIA DE FOTOS

DOWNLOADS