Judiciário inaugura laboratório de inovação ToadaLab

16/06/2021
Danielle Limeira

A cerimônia de inauguração do ToadaLab, Laboratório de Inovação do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), aconteceu nessa terça-feira (15), de forma híbrida (online e presencial), com transmissão ao vivo pelo youtube/tjmaoficial, direto das instalações do laboratório, localizado no Fórum de São Luís. O ato simbólico do descerramento da placa foi feito pelo presidente do TJMA, desembargador Lourival Serejo.

Ao inaugurar o laboratório, o presidente da Corte, desembargador Lourival Serejo, lembrou do seu compromisso com a inovação desde o início de sua gestão. “Ao assumir a presidência do nosso Tribunal resolvi avocar o desafio de uma gestão disruptiva, com investimento total na inteligência artificial”, e citou o americano especialista em linguagem de programação, Alan Kay, “a melhor forma de prever o futuro é inventá-lo”, para enfatizar a importância do laboratório de inovação diante do contexto atual e crise pandêmica.

O discurso do presidente foi corroborado pelo Corregedor Geral da Justiça, desembargador Paulo Velten, ao afirmar que a gestão atual da presidência “tem conseguido fazer da crise, um momento de virada na história do Poder Judiciário”. Segundo o corregedor, a crise é também momento de oportunidade e inovação. “Essa iniciativa é uma espécie de sinalização para um futuro promissor”, frisou.

Presente na sala de videoconferência, a juíza federal e membro do Laboratório de Inovação, Inteligência e Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (LIODS) do Conselho Nacional de Justiça, Luciana Ortiz, afirmou que o ToadaLab começa a sua caminhada de uma forma muito intensa e brilhante. “Já temos recebido muitas notícias de projetos e expectativas desse espaço de inovação e transformação. Isso torna possível um olhar dialogado com a sociedade dentro da instituição”, disse.

O coordenador do Laboratório de Inovação (TJPELabs), unidade integrante do Instituto de Desenvolvimento de Inovações Aplicadas ao Tribunal de Justiça de Pernambuco (Ideias TJPE – Esmape), juiz José Faustino Macedo, declarou estar feliz especialmente pelo envolvimento próximo desde o início do processo de idealização do laboratório maranhense. “Parabéns por estarem trilhando o caminho da inovação, por terem esse olhar diferente para o Judiciário. Estávamos, estamos e continuaremos juntos nessa mudança”, ressaltou.

Presente na solenidade virtual, o coordenador do Laboratório de Inovação da Justiça Federal de São Paulo (iJuspLab), juiz federal Caio Moyses de Lima, enfatizou que o Poder Judiciário do Maranhão começou o movimento de inovação da forma correta, a partir da transformação cultural para depois sedimentar em novos órgãos. “Primeiro mudando a cultura e partindo para a institucionalização”, afirmou, destacando a importância do ToadaLab ter se integrado na rede de laboratórios do país, mesmo antes de sua inauguração. 

MARCA

Na solenidade, o designer Carlos E. Sales, assessor de comunicação do TJMA, fez a apresentação da marca do ToadaLab. Ele afirmou que a tradição maranhense, da toada do bumba meu boi, elaborou o conceito da marca. "O ToadaLab será o local que reunirá pessoas, ideias, que juntas entoarão as transformações no Judiciário Maranhense", disse o designer. 

Toda a transmissão foi feita também com tradução na linguagem das Libras. 

Também estavam presentes, o desembargador Jorge Rachid; diretora do Fórum de São Luís; a juíza Andréa Furtado Perlmutter Lago; o juiz Holídice Barros, diretor da Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA), o diretor-geral do TJMA, Mário Lobão; o diretor executivo da Agência de Inovação e Empreendedorismo da Universidade Estadual do Maranhão, professor doutor José de Ribamar Morais; o diretor científico da Fapema, professor doutor João Batista Bottentuit Júnior,  magistrados e magistradas, servidores e servidoras e representantes da comunidade científica e da inovação.

Assista abaixo a transmissão da solenidade de inauguração:

 Agência de Notícias do TJMA

asscom@tjma.jus.br

GALERIA DE FOTOS