TJMA recebe doação de máscaras para Casa da Criança e Casa Abrigo

30/09/2020
Ascom TJMA

O Tribunal de Justiça do Maranhão, por meio do Núcleo de Gestão Socioambiental,  promove campanha de doação de máscaras reutilizáveis para a Casa da Criança e a Casa Abrigo, no período de 5 a 20 de outubro. A ação “Um cuidando do outro” pretende contemplar as crianças e mulheres abrigadas de ambas as instituições, com o uso de máscaras de tecido, em substituição às descartáveis.

As máscaras reutilizáveis – nos tamanhos adulto e infantil – poderão ser entregues em pontos de coleta localizados na sede do TJMA (Núcleo de Gestão Socioambiental) e nas recepções da Corregedoria Geral de Justiça (CGJ-MA) e Centro Administrativo (Rua do Egito), das 8h às 14h.

Para o presidente do Núcleo de Gestão Socioambiental, desembargador Jorge Rachid, a intenção é arrecadar o máximo possível de máscaras reutilizáveis de tecido. “As duas instituições estão prontas para receber as doações, que serão encaminhadas dos pontos de coleta, em razão da necessidade de proteção e prevenção à Covid-19 de crianças e adultos acolhidos nas unidades do Judiciário”, explicou. 

CASA DA CRIANÇA 

A Casa da Criança Menino Jesus é um dos projetos especiais mantidos, desde 1997, pelo Poder Judiciário do Maranhão. As crianças assistidas ficam sob os cuidados de uma equipe multidisciplinar formada por monitores e profissionais de diversas áreas.

A instituição é mantida pelo Poder Judiciário para atender crianças vítimas de maus tratos ou em situação de abandono. Ela acolhe e encaminha crianças para adoção ou promove a reinserção delas nas famílias de origem. 

O órgão presta atendimento de acordo com os princípios estabelecidos pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), como preservação dos vínculos familiares e integração em família substituta – quando os recursos para manter a criança na família de origem são esgotados.

Foi a primeira casa de passagem para crianças em situações de vulnerabilidade social mantida pelo Poder Judiciário no país. O abrigo possui estrutura semelhante ao de um ambiente familiar, com berçário e espaço para lazer e alimentação.

Ao longo desses anos, a instituição já acolheu mais de mil crianças até serem encaminhadas à adoção ou reinseridas em seus antigos lares.

CASA ABRIGO

Implantada em 1999, na gestão do desembargador Jorge Rachid, a Casa Abrigo é um dos locais de atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica atende às mulheres sob ameaça de morte e também seus filhos, encaminhados por órgãos de proteção, como Vara da Mulher e Delegacia. 

A Casa oferece ainda a capacitação profissional como forma de promover a geração de trabalho e renda, além do atendimento psicossocial e de saúde. O cronograma de atividades inclui educação física e palestras educativas, cursos de confecção de flores e biscuit, tendo a atividade de artesanato como ferramenta principal para as mulheres abrigadas, pois funciona como terapia e contribuindo diretamente para a recuperação delas.

MAIS INFORMAÇÕES

Núcleo de Gestão Socioambiental - (98) 3198.4361. 

 

Comunicação Social do TJMA
asscom@tjma.jus.br

 

GALERIA DE FOTOS