Projeto TJMA Sustentável Itinerante vai a Barreirinhas

05/08/2022
Ascom/TJMA

O Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), por meio do Núcleo Socioambiental, apresentou o projeto TJMA Sustentável Itinerante na Comarca de Barreirinhas, nessa quinta-feira (4/8). O projeto visa interiorizar ações de sustentabilidade e promover uma cultura de sustentabilidade nas comarcas. Na última terça-feira (2/8), o projeto atingiu as comarcas de Rosário e Morros.

O evento contou com a participação do presidente do TJMA, desembargador Paulo Velten (por videoconferência); do corregedor-geral da Justiça, desembargador Froz Sobrinho; do presidente da Comissão Gestora do Plano de Logística Sustentável (PLS), desembargador Jorge Rachid; da juíza Ticiany Palácio (auxiliar da Corregedoria-Geral da Justiça), dos juízes José Lima Filho (titular da 1ª Vara e Diretor do Fórum da Comarca de Barreirinhas); Douglas Martins (titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís), do defensor-público, Lucas Uchôa (Núcleo Barreirinhas) e equipe do Núcleo Socioambiental.

Em Barreirinhas, foram realizadas visitas técnicas para verificação de implantação de coleta seletiva solidária e procedimentos de gestão documental, além disso, houve capacitação de servidoras e servidores sobre a política de sustentabilidade do Tribunal, no auditório do Sebrae, que cedeu o auditório para o fórum local. 

Foram abordadas as temáticas “Os tempos são outros?”, pelo analista Amudsen Bonifácio (Coordenadoria de Finanças e de Pessoal da Corregedoria-Geral de Justiça); “Indicadores de Sustentabilidade do PJMA”, pelos servidores Hayla Castelo Branco (Núcleo Socioambiental) e Paulo Dominice Filho (Divisão de Acompanhamento de Dados Estatísticos); “Gestão de Resíduos", pela servidora Vitória Colvara (Divisão de Digitalização e Virtualização de Processos Judiciais no 2º Grau) e “Gestão Documental e Gestão de Bens sob Custódia do Judiciário”, pela servidora Priscila Sousa (Divisão de Arquivo e Gestão Documental).

SOBRE O PROJETO 

O projeto TJMA Sustentável Itinerante visa sensibilizar e engajar servidores e servidoras para o cumprimento do Plano de Logística Sustentável e de seus indicadores, para consumo racional de recursos públicos e naturais (papel, impressão, água e energia). 

Além disso, pretende capacitar sobre a gestão local dos indicadores de desempenho de sustentabilidade e dos procedimentos de descarte ambientalmente correto de documentos e bens custodiados. Os treinamentos oferecidos durante a itinerância tem como objetivo formar lideranças para impulsionamento das ações locais de sustentabilidade, coleta seletiva e ações solidárias.

Durante o evento, o desembargador Jorge Rachid explicou que todos os participantes estão em posição de liderança e são chamados para exercer o papel de multiplicadores da sustentabilidade em suas unidades. “Precisamos repensar nossa forma de consumir, o que comprar e de quem comprar, a maneira de usar e de descartar o que não serve mais, maximizando os impactos positivos e minimizando os negativos de nossas atividades”, afirmou.

Em 2021, foram mais de 200 servidores e servidoras capacitados em oito comarcas e termos judiciários, o que contribuiu entre outras ações para que o TJMA avançasse da 23ª para 12ª posição entre os Tribunais Estaduais no ranking do Índice de Desempenho Sustentável (IDS) do 6º Balanço da Sustentabilidade, destacando-se pelo aprimoramento do seu desempenho na série histórica, com um aumento de 12,3 pontos percentuais.

Em seu discurso, o desembargador Jorge Rachid destacou a importância do engajamento de todos os servidores e servidoras no âmbito do Judiciário estadual, para o fomento da sustentabilidade na instituição.  “O  TJMA possui uma força de trabalho de mais de 6.500 pessoas, isso significa que as atividades desta instituição geram um grande impacto no meio ambiente, mas também significa que possui uma grande força para empreender mudanças”, concluiu.

Agência TJMA de Notícias
asscom@tjma.jus.br
(98)3198-4370

 

GALERIA DE FOTOS