Atuação em grupos reflexivos com homens autores de violência de gênero

Capacitação para profissionais do TJMA e público externo - INSCRIÇÕES ABERTAS
16/05/2022
Ascom ESMAM

Magistrados (as), servidores(as) do Judiciário e profissionais de instituições parceiras - Promotoria Pública, Defensoria, e instituições da Rede de Proteção à Mulher – podem se inscrever, de 16 a 20 de maio, no curso Como trabalhar com homens autores de violência de gênero - noções para atuação profissional em grupos reflexivos, promovido pela Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica (CEMULHER/TJMA), em parceria com a Escola Superior da Magistratura do Maranhão (ESMAM).

A capacitação será ofertada na plataforma EAD ESMAM, de 31 de maio a 6 de julho (aulas ao vivo e atividades assíncronas), com duração de 40 horas, sob a tutoria do  professor Raimundo Ferreira Pereira Filho, analista judiciário Psicólogo (TJMA), com atuação técnica especializada em Perícia Psicológica Forense na área criminal de violência contra a mulher.

A abordagem formativa destaca a necessidade de enfrentamento efetivo da violência de gênero, considerando a importância de que, para além das ações punitivas, existam também intervenções que visem mudar a lógica da violência. Nesse âmbito, destacam-se as intervenções em grupo com homens autores de violência, que têm se mostrado práticas altamente eficazes e cada vez mais difundidas.

Os profissionais do TJMA podem inscrever-se no sistema acadêmico Tutor. O público externo será previamente inscrito pelas instituições parceiras. As vagas são limitadas a 40 participantes. 

HORÁRIO DAS AULAS SÍNCRONAS (AO VIVO)

09/06 - 14h às 17h

14/06 - 14h às 17h

23/06 -  14h às 17h

30/06 - 14h às 17h

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

AMBIENTAÇÃO NA PLATAFORMA EAD - ESMAM - 31 DE MAIO A 02 DE JUNHO

UNIDADE/MÓDULO I - COMO ACOLHER O AUTOR DE VIOLÊNCIA DE GÊNERO NO GRUPO - 6 A 10 DE JUNHO 

Apresentação do conteúdo programático da disciplina e do tutor.

Apresentação dos alunos e ambiente de aprendizagem.

Descrição do processo metodológico aplicada na disciplina.

Exposição sobre o modelo da avaliação final (registro reflexivo).

Como fazer o acolhimento do autor de violência de gênero no grupo.

Construção do contrato de convivência e alinhamentos com participantes do grupo.

Levantamento de temáticas para desenvolvimento do trabalho do grupo reflexivo.

UNIDADE/MÓDULO II - ASPECTOS HISTÓRICOS DOS GRUPOS REFLEXIVOS E TEORIAS DE GÊNERO - 13 A 17 DE JUNHO 

Histórico dos grupos reflexivos no mundo, no Brasil e no Maranhão

Lei Maria da Penha e sua aplicação no trabalho com grupos reflexivos com autores de violência contra a mulher

O que é gênero?

Evolução do conceito de gênero ao longo do tempo e como essa evolução se relaciona com a compreensão sobre a violência

Construção social do gênero e cultura de poder Violência de Gênero.

UNIDADE/MÓDULO III -  VIOLÊNCIA, MASCULINIDADES E TEORIAS DE GRUPO - 20 A 24 DE JUNHO 

Abordagens teóricas sobre violência

Correntes unicausal e multicausal

Principais teorias das Masculinidades

A construção social das masculinidades e da violência masculina

Teorias e dinâmicas de grupo

O processo grupal

UNIDADE/MÓDULO IV - INTERVENÇÕES EM GRUPO – 27 de JUNHO A 1º DE JULHO 

Tipos de Grupo Reflexivo

As diversas formas de trabalhar com grupos de autores de violência de gênero

Como trabalhar a responsabilização

Abordagem reflexiva

A pergunta

Como promover a reflexão num trabalho de grupo

Metodologia passo a passo

Enfoque teórico/conceitual

UNIDADE/MÓDULO V - ATIVIDADE FINAL – Registro reflexivo - 4 A 6 DE JULHO 

Registro do exercício reflexivo realizado durante a capacitação.

SOBRE O TUTOR

Raimundo Ferreira Pereira Filho é mestre em Ciências da Educação pela Universidade Americana, graduado em Psicologia pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), especialista em Saúde Mental e em Psicopedagogia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Atuou na área de Educação, como psicólogo e professor educacional, em instituições educacionais públicas e privadas nos níveis infantil, fundamental, médio e superior. Participou na elaboração e implantação do projeto de inclusão educacional da cidade de Imperatriz pela iniciativa pública municipal. Atua há mais dez anos na área jurídica.

 

Núcleo de Comunicação da ESMAM

(esmam@tjma.jus.br)

(98) 3235 3231

GALERIA DE FOTOS