Processos da 1ª Vara Cível de Ribamar estão sob correição

REGULARIDADE DOS SERVIÇOS FORENSES
12/05/2022
ASSCOM CGJMA

Cento e vinte processos em tramitação na 1ª Vara Cível de São José de Ribamar, do total de 13.478 do acervo geral, estão sob correição extraordinária, por dez dias.

Os serviços judiciários na vara funcionam normalmente durante os trabalhos correicionais, não havendo suspensão de prazos dos processos que tramitam na unidade jurisdicional.

A correição foi instalada pela juíza na última segunda-feira (9), às 8h, e segue até o dia 20 de maio. A juíza Lícia Ferraz Ribeiro de Oliveira, que preside a correição, determinou que todos os processos em tramitação na unidade judicial fiquem à disposição na secretaria judicial para análise, menos os que estão em grau de recurso.

A correição foi disciplinada pela Portaria nº 2260/2022, de 6 de maio, assinada pela juíza titular. A servidora Luciene Alves da Silva, secretária da vara, auxilia os trabalhos.

APRESENTAÇÃO DE RECLAMAÇÕES E SUGESTÕES

A realização da correição foi comunicada para as autoridades locais, a todos os advogados militantes na comarca e o povo em geral. Qualquer pessoa poderá apresentar sugestões e reclamações, que podem ser apresentadas pessoalmente e por escrito, ou, ainda, por meio digital disponíveis na unidade, enquanto durar os trabalhos.

Após 30 dias do encerramento da correição extraordinária, a juíza elaborará relatório circunstanciado dos trabalhos e dos fatos constatados, concluindo pela regularidade ou não dos serviços e submetendo à aprovação do corregedor geral da Justiça, que decidirá acerca das possíveis providências disciplinares a serem adotadas - se for o caso.

Assessoria de Comunicação
Corregedoria Geral da Justiça
asscom_cgj@tjma.jus.br

GALERIA DE FOTOS

DOWNLOADS