Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Clique para fechar

SOLICITAÇÃO DE MATERIAL

A Divisão de Administração de Material informa que as requisições excepcionais, realizadas fora do prazo, deverão observar a circular nº 62019 - GDG, ficando assim o atendimento das mesmas condicionado às novas regras mencionadas nesta circular. Informamos ainda que, as requisições cadastradas no sistema DIGIDOC, somente, serão aceitas quando observarem as justificativas dispostas na mencionada circular . Tal ação visa proporcionar uma política mais eficiente de planejamento da solicitação de materiais pelas unidades judiciais e administrativas.

Clique para fechar

DOAÇÃO DE SANGUE

A servidora Bianca Baptista solicita, a todos que puderem, para DOAÇÃO DE SANGUE (qualquer tipo sanguíneo, em especial A+) para sua avó. Quem puder ajudar, basta ir ao Instituto HAIMA, localizado na Rua Frei Querubim, nº. 62 - Apicum/Centro e no momento da doação informar o nome do hospital: Hospital São Domingos - Apt 359 (São Luís-MA) e o nome da paciente: LAISE DA ROCHA SANTOS RAMOS. A família agradece a todos por esse ato de fé e solidariedade cristã.  *Para mais informações, entrar em contato com a servidora Bianca Baptista Ramos: (98) 99144-1212.

Busca ▼

Tabela de Temporalidade do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

TABELA DE TEMPORALIDADE DOCUMENTAL (TTD)

26
AGO
2015

10:05

A Tabela de Temporalidade Documental (TTD) é o instrumento arquivístico resultante de avaliação, que tem por objetivo definir prazos de guarda e destinação de documentos, com vista a garantir o acesso à informação a quantos dela necessitem.

 

A TTD foi aprovada pelo Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Estado Maranhão no dia 05 de agosto de 2015, por meio da Resolução GP 31/2015.

 

Os prazos de guarda referem-se ao tempo necessário para arquivamento dos documentos nas fases corrente e intermediária.

 

O prazo estabelecido para a fase corrente relaciona-se ao período em que o documento é freqüentemente consultado, exigindo sua permanência junto às unidades setoriais.

 

A fase intermediária relaciona-se ao período em que o documento ainda é necessário à administração, porém com menor freqüência de uso, devendo ser transferido para o  Arquivo do TJMA (anexado à Biblioteca, denominada atualmente como Coordenadoria de Biblioteca e Arquivo, conforme Resolução GP nº10/2015, de 27/02/2015), no caso dos processos administrativos e da Justiça de 2º grau; ou para o Divisão de Gestão e Controle Documental (antigo Arquivo da Corregedoria), no caso de processos dos Juizados Especiais e documentos/processos oriundos das unidades administrativas da Justiça de 1º Grau (CGJ) ou para a Divisão de Arquivo do Fórum Des. Sarney Costa (da Comarca da Capital), no caso dos processos da Justiça de 1º grau.

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2