Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Clique para fechar

SUSPENSÃO DE PRAZOS - PROCESSOS DE EXECUÇÃO PENAL

Prorrogada a suspensão de prazos dos processos e do atendimento nas unidades de execução penal até o dia 30 de setembro, conforme a Portaria Conjunta nº. 23/2019, devido à migração de todos os processos da competência de execução penal em tramitação no Poder Judiciário do Maranhão do sistema VEP/CNJ para o Sistema de Execução Penal Unificado (SEEU).

Busca ▼

Des. Marcelino Chaves Everton

14
JAN
2012

11:19

Filho de José de Ribamar Everton e de Raimunda Didi Chaves, Marcelino Chaves Everton nasceu no dia 21 de agosto de 1948, no município de Arari, onde iniciou seus estudos, integrando a turma inaugural do Ginásio Arariense.

Foi aprovado em concurso de escrivão de polícia em 1970. Depois que se bacharelou em Direito pela Universidade Federal do Maranhão, em 1975, na última turma da antiga Faculdade de Direito da Rua do Sol, ascendeu ao cargo de delegado de polícia.

Participou do Estágio Universitário da Câmara dos Deputados - destinado aos estudantes brasileiros que cursavam o último ano dos seus respectivos cursos superiores - em Brasilia, em 1975.

Marcelino Everton participou de vários eventos de especialização no Brasil e no exterior. No país esteve presente em congressos de magistrados e cursos de Direito Processual Civil e de Direito da Família, muitos deles de caráter internacional.

Pela REDLAJ (Red Latinoamericana de Jueces), que congrega juízes ibero-americanos, participou de congressos em Barcelona (Espanha - 2007), Santiago (Chile - 2008), Cartagena (Colômbia - 2010) e Lima (Peru - 2011).

Recentemente, reuniu suas crônicas e artigos publicados em jornais maranhenses no livro "Crônicas de um Arariense".

Ingressou na magistratura em 1982, após aprovação em concurso público para Juiz de Direito. Foi promovido por merecimento para as comarcas de Carolina (1986-1990) e Pedreira (1990-1993).

Chegou à capital em setembro de 1993, promovido por antiguidade como juiz auxiliar, tendo sido titularizado na 5ª Vara da Fazenda Pública, por ele instalada em 1997. Por meio de permuta, foi para a 2ª Vara da Família em 2002, onde permaneceu até ter acesso ao cargo de desembargador.

Como juiz da 10ª Zona Eleitoral, presidiu a solenidade de diplomação do prefeito e vereadores eleitos em 2004, em São Luis.

Marcelino Everton teve acesso ao cargo de desembargador, pelo critério de antiguidade, sendo oficialmente empossado em 16 de outubro de 2013.

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2