Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Clique para fechar

SUSPENSÃO DE ATENDIMENTO EXTERNO

O Arquivo Judiciário e suas Divisões informam que por motivo de reforma nas suas instalações estarão atendendo apenas o público interno, estando suspenso, temporariamente, o atendimento a pesquisadores. Informa ainda que os telefones disponíveis são os números (98) 3223-7226/7220. Quaisquer informações adicionais poderão ser obtidas através do e-mail arquivo@tjma.jus.br.

Clique para fechar

SUSPENSÃO - SESSÕES DAS PRIMEIRAS E SEGUNDAS CÍVEIS REUNIDAS

Por deliberação das Primeiras e Segundas Câmaras Cíveis Reunidas, as sessões de julgamento do dia 21 de fevereiro de 2020 não serão realizadas, ficando os processos constantes das pautas publicadas para a referida data, todos adiados para a sessão do dia 6 de março de 2020.  

Busca ▼

Des. Raimundo Nonato Magalhães Melo

04
JUL
2012

11:17

Raimundo Nonato Magalhães Melo é natural de São Luís (MA). Viveu da infância à adolescência no Monte Castelo, bairro onde até hoje moram suas irmãs. Estudou toda a sua vida em escola pública. Primeiro, no Grupo Escolar Gentil Braga, no mesmo bairro, e, em seguida no Liceu Maranhense, onde ingressou por exame de admissão. Ingressou no curso de Direito da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) em 1970, concluindo-o em 1974.

Sua vida na magistratura teve início no dia 11 de dezembro de 1981. Como juiz, atuou nas comarcas de Icatu, Rosário, São Bento em Caxias e São Luís. Raimundo Nonato Magalhães Melo tomou posse no cargo de desembargador no dia 19 de junho de 2008, em sessão plenária administrativa extraordinária do Tribunal de Justiça. Promovido pelo critério de antiguidade, em votação unânime do colégio de desembargadores, o magistrado substituiu a desembargadora Maria Madalena Alves Serejo, que pediu aposentadoria.  

Raimundo Nonato Magalhães Melo é divorciado e tem três filhos: Stênyo, Naya e Rayra, todos formados em Direito.Para o novo desembargador, a magistratura é responsável por muitas coisas boas que aconteceram na sua vida. A principal delas é dar oportunidade de decidir e julgar sobre as ações dos seus semelhantes.“Quando eu deixar esse mundo quero ser julgado da mesma forma que julguei durante toda a minha vida, pois tenho certeza de que fiz o melhor possível”.

 

(98) 3198 4455

(98) 3198 4457

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2