Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Busca ▼
Nova solução do e-mail acompanha os avanços da tecnologia para facilitar a interação do usuário. Arte: Carlos Sales/ Asscom TJMA

Nova solução do e-mail acompanha os avanços da tecnologia para facilitar a interação do usuário. Arte: Carlos Sales/ Asscom TJMA

TECNOLOGIA | Tribunal implanta nova solução de correio eletrônico institucional

A partir do dia 26 de abril, os e-mails do TJMA funcionarão no Zimbra, uma solução baseada em software livre.

23
ABR
2019

11:39

A partir desta sexta-feira (26), os e-mails institucionais do Tribunal de Justiça do Maranhão funcionarão em uma nova solução de correio eletrônico corporativo, o Zimbra Collaboration. Até o momento, era utilizada uma plataforma da Microsoft.

De acordo com a Diretoria de Informática e Automação, o Zimbra Collaboration é uma solução baseada em software livre, com um ambiente de colaboração, que integra um e-mail inteligente, contemplando mensagens, tarefas, contatos, calendário, arquivos e aplicativos. Além disso, o Zimbra possui uma interface web desenhada para o uso intuitivo e agradável ao usuário final, que estará conectado a uma das mais inovadoras ferramentas de comunicação para organizações.

Com o Zimbra é possível realizar, também, a sincronização com iOS (iPhone, iPad), Windows, além de celulares e tablets baseados em Android. “O Zimbra é uma plataforma moderna, ágil e muito estável, sendo utilizada por diversos tribunais”, pontua Paulo Rocha Neto, diretor de Informática do Judiciário estadual maranhense.

Vale ainda ressaltar que a migração para a nova ferramenta será transparente para os usuários, mantendo todas as contas de e-mail, senhas e mensagens atuais.

A adoção da nova solução de e-mails está em conformidade com a Resolução nº 23/2016, que prioriza o uso de software livre no Judiciário.

Comunicação Social do TJMA
asscom@tjma.jus.br
(98) 3198-4300 

Para acompanhar as notícias do Poder Judiciário, siga o nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2