Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Clique para fechar

SUSPENSÃO DE SESSÃO - PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL

A secretaria da Primeira Câmara Cível informa que não haverá sessão no dia 23 de maio de 2019.

Clique para fechar

SUSPENSÃO DE EXPEDIENTE - MATERIAL E PATRIMÔNIO

A Coordenadoria de Material e Patrimônio informa que, em razão da dedetização que ocorrerá na data de 24 de maio de 2019, em toda Unidade Administrativa nº V, bairro Alemanha), conforme cronograma estabelecido no CIRCCAA-22019, que as atividades serão suspensas a partir das 13h. 

Busca ▼
O presidente do TJMA disse que a tragédia de Suzano assusta e alarma a sociedade (Foto: Ribamar Pinheiro)

O presidente do TJMA disse que a tragédia de Suzano assusta e alarma a sociedade (Foto: Ribamar Pinheiro)

TRAGÉDIA DE SUZANO | Presidente do TJMA solidariza-se com famílias das vítimas do atentado

13
MAR
2019

15:05

O presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, Desembargador Joaquim Figueiredo, em nome de todos os membros do Poder Judiciário, emitiu Nota de Solidariedade aos familiares das vítimas do atentado ocorrido na manhã desta quarta-feira (13), na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo. Dez pessoas, entre alunos e funcionários da escola, foram assassinados. Os dois atiradores se mataram na sequência.

“Nosso sentimento é de profundo pesar neste momento difícil, particularmente para as famílias das vítimas do terrível atentado, onde dez pessoas, entre alunos e funcionários da escola, foram assassinados, como resultado de uma violência extrema que nos deixa consternados”, afirmou o desembargador Joaquim Figueiredo.

O presidente do TJMA disse que a tragédia de Suzano assusta e alarma a sociedade pelo número de vítimas e por envolver crianças e adolescentes, sendo uma irreparável perda que enluta famílias e sepulta precocemente os sonhos dos jovens vítimas da tragédia.

 

Comunicação Social do TJMA
asscom@tjma.jus.br
(98) 3198.4370

 

Para acompanhar as notícias do Poder Judiciário, siga o nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2