Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Busca ▼
Cerca de 200 estudantes participaram da palestra

Cerca de 200 estudantes participaram da palestra

PALESTRA | Desembargador fala sobre direitos sociais no Centro de Ensino Paulo Freire

21
NOV
2018

14:02

O desembargador do Tribunal de Justiça do Maranhão, José Bernardo Rodrigues, ministrou palestra sobre o tema “Direitos Sociais e Cidadania”, para cerca de 200 alunos do ensino médio do Centro de Ensino Paulo Freire, no bairro do Turu, nessa segunda-feira (19).

Com uma abordagem simples e didática, o magistrado tratou de assuntos relacionados aos direitos fundamentais, sociais e políticos, igualdade e cidadania, ressaltando a responsabilidade de cada cidadão na busca por seus objetivos e a espiritualidade como base de vida.

Bernardo Rodrigues compartilhou sua trajetória de vida e profissional, relembrando momentos desde a época como jogador profissional de futebol no Graça Aranha Esporte Clube, em 1967, até o ingresso na carreira como magistrado no Judiciário maranhense.

Além de compartilhar suas experiências, o magistrado orientou os jovens a estudarem bastante, lutarem e acreditarem em seus sonhos.

“Jovens, acreditem nos seus sonhos! As conquistas só se realizam com muito esforço e dedicação. Vocês é que são responsáveis pelo que vai acontecer no futuro. Eu venci e não é porque eu seja o bom, mas é porque existe Deus, uma força maravilhosa, que se vocês estiverem conectados com ela, vocês caminharão para o bem”.

A diretora do centro de ensino, Terezinha de Jesus Pereira, parabenizou a iniciativa, enfatizando que ao aliar o conhecimento às experiências de vida, o desembargador conseguiu despertar a atenção dos alunos pelo tema e inspirá-los.

“Se tivéssemos um maior número de profissionais com esse compromisso do desembargador Bernardo, o mundo seria bem melhor. A palestra ajudou os nossos jovens a perceberem que, para conquistarem seus espaços, é essencial lutarem bastante, perseverarem, pois nada acontece do dia para a noite”, frisou a professora.

A visita – acompanhada por vários professores do Centro de Ensino Paulo Freire - foi organizada pela professora de Artes, Ana Lúcia Teixeira Martins.

ALUNOS - Após ouvirem atentamente a palestra, os alunos, que estão em momentos decisivos de suas vidas, fizeram diversos questionamentos acerca do tema, demonstrando interesse em relação aos assuntos explanados e mostrando-se bastante motivados com as experiências compartilhadas pelo desembargador.

A aluna Sara Lobão Santos, 15 anos, que, durante a programação, recitou uma poesia sobre a representatividade do negro, em alusão ao Dia da Consciência Negra (20 de novembro) e em homenagem ao palestrante, afirmou sentir-se representada com a história de vida do desembargador Bernardo Rodrigues.

“Amei a palestra! É muito motivante ver alguém falando sobre as nossas causas, nossa história, nos representando tão bem. Assim como ele conseguiu realizar os seus sonhos, nós também podemos, com foco e muita dedicação”, frisou a aluna.

Júlio César Pereira, 18 anos, disse que o desembargador conseguiu inspirar os alunos, com seu exemplo de vida.

“Ele é uma inspiração pra gente, um exemplo de superação de vida. Ao nos contar a sua emocionante história, ele demonstrou que também podemos vencer os desafios e atingir nossos objetivos”. 

O desembargador Bernardo Rodrigues elogiou a participação e o interesse dos alunos pelo tema.

“A participação deles foi excelente! Os questionamentos evidenciaram a atenção dos estudantes durante a palestra. Eles conseguiram conceber o que pretendíamos apresentar, constatando que a minha vida no passado parece com a vida deles atualmente. E assim como no futebol, precisamos estar atentos a cada jogada, onde nem sempre o melhor é o vencedor. Ou seja: as derrotas não significam que acabou a vida, apenas sinalizam um novo recomeço”, concluiu.

PALESTRAS – O desembargador José Bernardo Rodrigues também já proferiu palestras sobre “Direitos Sociais e Cidadania”, no Centro de Ensino Governador Edson Lobão (Cegel), no Colégio Santa Teresa e no Centro Integrado do Rio Anil (Cintra), para alunos da rede estadual de ensino médio, e ainda, na aula inaugural aos cadetes da 23ª turma do Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar do Maranhão; na Faculdade Estácio, debateu o tema “Dosimetria da Pena”, para acadêmicos do curso de Direito.

 

Amanda Campos
Comunicação Social do TJMA
asscom@tjma.jus.br
(98) 3198.4300

 


 

Para acompanhar as notícias do Poder Judiciário, siga o nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2