Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Busca ▼
 O evento é promovido pelo Núcleo de Conciliação do TJMA (Foto: Ribamar Pinheiro)

O evento é promovido pelo Núcleo de Conciliação do TJMA (Foto: Ribamar Pinheiro)

CONCILIAÇÃO | Acordos no Balcão de Renegociação superam a marca de R$ 8 milhões

30
JUL
2018

15:34

O balanço final do “Balcão de Renegociação de Dívidas”, promovido pelo Núcleo de Solução de Conflitos do Tribunal de Justiça do Maranhão, movimentou mais de 8,4 milhões em acordos financeiros entre empresas, instituições e cidadãos, no Shopping Rio Anil, em São Luís.

O evento – realizado entre os dias 23 e 27 deste mês – registrou mais de 4.580 atendimentos presenciais e eletrônicos, resultando num valor final de R$ 4,9 milhões, com um percentual médio de descontos de 41,64%.

Além desse total, foram registradas ainda, no stand da Mediação Digital, propostas de negociação com cerca de 450 empresas acessíveis por plataformas digitais, com valor total de R$ 3,2 milhões, sugerido pelos consumidores. Em atendimentos feitos pela equipe do Centro de Conciliação de São Luís, o valor foi de R$ 105.825,78.

As empresas possuem um prazo de 20 dias úteis, após o envio das tentativas de acordos, para confirmar as negociações. Os dados constam em relatório enviado pelo Núcleo de Solução de Conflitos do TJMA.

O “Balcão de Renegociação de Dívidas” integra o projeto ‘Consumidor Adimplente – Cidadão com Plenos Direitos’ desenvolvido pelo Núcleo, com a finalidade de viabilizar o encontro entre consumidores em situação de inadimplência e entidades credoras, facilitando o diálogo entre as partes na tentativa de acordos para a renegociação de dívidas.

AVALIAÇÃO - No encerramento oficial desta quinta edição do Balcão de Renegociação de Dívidas, em São Luís, o coordenador do Núcleo, magistrado Alexandre Abreu, fez uma avaliação do alcance social do evento e agradeceu o apoio e comprometimento de todos os envolvidos.

“O Balcão trouxe, mais uma vez, para a sociedade a oportunidade de resolver suas pendências financeiras, em um ambiente apto para a negociação, com a presença de diversas empresas e instituições, possibilitando, assim, um empoderamento do cidadão, que irá conseguir retornar a sua condição de consumidor com plenos direitos. Além disso, conseguimos aproximar as pessoas dos meios digitais de solução de conflitos, que abraçaram prontamente a ideia”, frisou o juiz, agradecendo o apoio de todos os envolvidos: servidores, parceiros, sociedade e a imprensa.

O presidente do Núcleo de Solução de Conflitos, desembargador José Luiz Almeida, atribui o sucesso do evento à mudança de cultura vivenciada pela sociedade, que tem valorizado cada vez mais a solução de conflitos por meio do diálogo, do acordo, da conciliação.

“A Justiça maranhense manterá o compromisso assumido com a sociedade de continuar priorizando os investimentos nos meios consensuais de solução de conflitos, inclusive digitais”, pontuou o desembargador.

No encerramento, cada participante do projeto recebeu um certificado de participação entregue pelo coordenador do evento, juiz Alexandre Abreu. A equipe organizadora anunciou que outras edições do Balcão já estão previstas para este ano, em São Luís e em outras cidades que demonstrarem interesse pelo projeto.

PARCERIA - Representando os parceiros participantes, José Alfredo Carvalho, da Superintendência da Caixa Econômica, ressaltou a importância da iniciativa, ao incentivar o diálogo e aproximar os cidadãos das empresas. A Caixa ofereceu diversos serviços no período: renegociação de créditos, orientações, incorporação de parcelas, regularização de contratos habitacionais, entre outros.

“É importante que esse tipo de iniciativa aconteça sempre, pois nos possibilita atender muitas pessoas, inclusive fora do expediente bancário, facilitando suas vidas, e contribui para uma mudança de cultura das próprias empresas”, afirmou.

EMPRESAS – Participaram desta edição do Balcão: Câmara de Dirigentes Lojistas do Maranhão (CDL), Banco do Brasil, Banco Bradesco, Caixa Econômica Federal, Lojas Gabryella, Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz), Secretaria Municipal da Fazenda (SEMFAZ), Credishop, Companhia de Água e Esgotos do Maranhão (Caema), Ceape, Universidade Ceuma (Uniceuma), Faculdade Pitágoras, Faculdade Facam, Claro/NET, Companhia Energética do Maranhão (Cemar), escritório de advocacia Raul Abreu, Condomine, ServGroup, Câmara de Mediação e Arbitragem Empresarial do Maranhão (CBMAE/MA).

MEDIAÇÃO DIGITAL - No local, também havia um stand voltado especificamente para mediação digital, visando auxiliar os cidadãos com 450 empresas acessíveis por plataformas digitais. O consumidor conseguiu cadastrar reclamações, informar interesse em negociar dívidas ou solicitar o agendamento de audiências com empresas que não estavam participando fisicamente do Balcão. 

NEGOCIAÇÕES – O estivador Deuzenir Santos participou do Balcão pela segunda vez, e saiu bastante satisfeito, após solucionar uma dívida com o Bradescard, por meio da Mediação Digital, em questão de poucos minutos. “O projeto realmente ajuda a resolver a nossa situação, de forma rápida, simples, sem burocracia. Participarei sempre que for preciso, pois vale muito a pena”, disse.

A ex-estudante do curso de Farmácia, Milena Fernanda, 25 anos, compareceu ao evento para solucionar uma pendência antiga com a Faculdade Pitágoras. Após obter um ótimo desconto – de 90% - a jovem agora poderá receber seu diploma de nível superior, pelo qual aguardava ansiosamente, há dois anos.

“Agora, estou feliz e aliviada. Já havia tentado resolver essa questão com a faculdade, mas não tive êxito. O evento foi essencial nesse sentido”, afirmou.

Amanda Campos
Comunicação Social do TJMA
asscom@tjma.jus.br
(98) 3198.4300 

Para acompanhar as notícias do Poder Judiciário, siga o nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2