Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Busca ▼
O TJMA repudiou com veemência a difundida nos meios de comunicação social (Foto: Ribamar Pinheiro)

O TJMA repudiou com veemência a difundida nos meios de comunicação social (Foto: Ribamar Pinheiro)

NOTA DE REPÚDIO

22
MAI
2018

14:53

A propósito de matéria publicada no blog ‘Domingos Costa’ na última segunda-feira (21) afirmando criminosamente que a carteira funcional do Assessor da Presidência da República, Chiquinho Escórcio, teria sido “roubada” nas dependências do Tribunal de Justiça do Maranhão, a Instituição vem a público repudiar, veementemente, tal inverdade, irresponsavelmente difundida nos meios de comunicação social.

A informação divulgada no mencionado blog é improcedente, difamatória, constituindo crime grave por criar um fato que não condiz com a verdade. Trata-se de notícia absolutamente inverossímil, cujo objetivo é causar mácula, constrangimento, desgaste institucional, a merecer, por isso, total repúdio e as providências cabíveis previstas na legislação penal vigente no país.

Cabe esclarecer que a exigência de identificação do Assessor da Presidência da República é aplicada a todos aqueles que ingressam nas dependências do Tribunal de Justiça, sendo as mesmas necessárias para garantir a segurança de visitantes, magistrados, servidores, advogados, membros do Ministério Público, defensores públicos e usuários dos serviços da Justiça.

É importante enfatizar também que Chiquinho Escórcio em momento algum teve a sua carteira retida pelos seguranças que atuam no Tribunal de Justiça, o que pode ser comprovado com as imagens do circuito de monitoramento interno, cujos registros mostram o Assessor da Presidência da República colocando sua carteira funcional no bolso do paletó após a identificação na recepção.

Convém ressaltar que imagens do circuito interno do Tribunal de Justiça do Maranhão mostram também o momento em que a carteira funcional de Chiquinho Escórcio é encontrada no Plenário da Corte Estadual de Justiça, durante a realização de limpeza do local pelos servidores terceirizados do Setor de Serviços Gerais, encontrando-se a mesma à disposição do Assessor da Presidência da República no Gabinete Militar do Tribunal de Justiça do Maranhão.

Desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos

Presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão

Para acompanhar as notícias do Poder Judiciário, siga o nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2