Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Busca ▼
A homenagem aconteceu no Salão Nobre do Tribunal de Justiça. (Foto: Ribamar Pinheiro)

A homenagem aconteceu no Salão Nobre do Tribunal de Justiça. (Foto: Ribamar Pinheiro)

INSTITUCIONAL | Servidores recebem menção de elogio do presidente do Tribunal de Justiça

13
ABR
2018

14:42

Os 62 servidores e estagiários do Poder Judiciário e da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP), que trabalharam no cadastramento do Banco Nacional de Mandados de Prisão (BNMP 2.0), receberam homenagem e menção de elogio do presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos.

A homenagem foi feita nesta sexta-feira (13), no Salão Nobre do Tribunal de Justiça, com a presença dos desembargadores José Jorge Figueiredo dos Anjos e Cleonice Silva Freire, juízes e servidores do Poder Judiciário. A servidora Raíssa de Sousa Costa recebeu o certificado em nome dos servidores, representando todos os homenageados.

“O Poder do Judiciário do Maranhão agradece o apoio e o trabalho desenvolvido, com muita dedicação e afinco, pelos 62 servidores e estagiários na força-tarefa para o cadastramento de homens e mulheres presos no Maranhão, numa demonstração de zelo e comprometimento na atividade profissional”, ressaltou o desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos.

A força-tarefa foi coordenada pela juíza auxiliar da Presidência do TJMA, Lidiane Melo. A magistrada explicou que, no cadastramento, os dados pessoais de quem está sob custódia foram agrupados à data de prisão, ao tamanho da pena e às demais informações relativas ao histórico do detento, no sistema de justiça criminal.

Ela disse que foi elaborado um plano de trabalho, que consistiu em realizar seis treinamentos presenciais para servidores, com 30 vagas cada um. “Dois treinamentos se desenvolveram pelo sistema EaD, com 150 participantes em cada um, visando levar o BNMP 2.0 a todas as comarcas do Maranhão”, explicou a juíza Lidiane Melo.

De acordo com o Sistema de Inteligência, Informação e Segurança Prisional (SIISP) e a Unidade de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcarário (UMF), o Maranhão possui, atualmente, 10.239 presos para a inclusão no sistema BNMP 2.0, sendo que 520 estão presos em delegacias.

Na força-tarefa, foram cadastrados todos os presos do 2º Grau, de quase todas as varas da capital e de 33 comarcas do interior, totalizando 6.991 cadastros, entre mandados e guias. Restou um saldo remanescente para cadastro de 3.248 presos, que será finalizado até o final de abril, visto que parte da equipe continuará trabalhando juntamente com as unidades que ficaram responsáveis por seus acervos.

BANCO - O Banco Nacional de Monitoramento de Prisões, desenvolvido e implementado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), possibilita o registro e a consulta de informações sobre mandados de prisão e alvarás de soltura, com monitoramento das ordens de prisão expedidas pelo Judiciário e controle do cumprimento de mandados, em âmbito nacional e em tempo real, permitindo, assim, a criação de um Cadastro Nacional de Presos.

 

Assessoria de Comunicação do TJMA

asscom@tjma.jus.br

(98) 3198 4300

Para acompanhar as notícias do Poder Judiciário, siga o nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2