Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Clique para fechar

ARQUIVO JUDICIÁRIO SUSPENDE ATENDIMENTO

Em virtude de reforma na área da reserva técnica n° 4, o Arquivo Des. Milson de Souza Coutinho informa que o atendimento de pesquisadores e o acesso ao acervo judicial histórico da Corte estará suspendo a partir do dia 20/11, pelo prazo de 15 dias. A reforma visa realizar melhorias na estrutura do Arquivo e de seus laboratórios. Quaisquer dúvidas poderão ser dirigidas ao Arquivo, através do telefone (98) 3223-7215/7220." A Portaria que suspendeu o atendimento é a de n° 8039/2018.  

Busca ▼
A desembargador Ângela Salazar é a presidente da Cemulher do TJMA (Foto: Ribamar Pinheiro)

A desembargador Ângela Salazar é a presidente da Cemulher do TJMA (Foto: Ribamar Pinheiro)

INSTITUCIONAL | Cemulher tem novos membros e promete inovações

01
FEV
2018

12:56

A Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Poder Judiciário (Cemulher) está com nova composição e promete trazer inovações às políticas voltadas para o combate à violência de gênero.

O órgão - ligado à Presidência do Tribunal de Justiça do Maranhão - é presidido pela desembargadora Ângela Salazar.

Os novos membros da Coordenadoria são os juízes Carlos Alberto Matos Brito (Comarca de Penalva) e Larissa Tupinambá (Comarca de Pedreiras). Os magistrados foram designados pela Portaria 128/2018, assinada pelo presidente do TJMA, desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos.

A Cemulher foi instituída pela Resolução nº 30 de 02 de agosto de 2011, em atendimento aos termos da Resolução nº 128, de 17 de março de 2011, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). As suas ações integram o Plano Nacional de Políticas da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres da Presidência da República.

Visa atender todo o Estado do Maranhão, oferecendo um conjunto de ferramentas para o combate à violência doméstica e familiar através da articulação com a Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher.

A Coordenadoria Estadual da Mulher funciona na Rua do Egito, nº 167, Centro e encontra-se estruturada com equipe administrativa e multidisciplinar.

 

Assessoria de Comunicação do TJMA

asscom@tjma.jus.br

(98) 3198.4370

Para acompanhar as notícias do Poder Judiciário, siga o nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2