Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Busca ▼
A apresentação do projeto foi feita no Gabinete da Presidência do TJMA (Foto: Ribamar Pinheiro)

A apresentação do projeto foi feita no Gabinete da Presidência do TJMA (Foto: Ribamar Pinheiro)

VIDEOCONFERÊNCIA | TJMA e CGJ adotam sistema de comunicação online

11
JAN
2018

10:22

Buscando facilitar a comunicação institucional em tempo real, o Tribunal de Justiça (TJMA) e a Corregedoria Geral da Justiça (CGJ-MA) pretendem utilizar o sistema de videoconferência entre todos os órgãos do Poder Judiciário.

A proposta foi apresentada nesta quarta-feira (10), ao presidente do TJMA, desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, e ao corregedor-geral da Justiça, desembargador Marcelo Carvalho Silva, pelo diretor de Informática do Tribunal, Paulo Rocha Neto. Participaram da apresentação os diretores do TJMA e da CGJ, Mário Lobão e o juiz Marcelo Moreira; e o diretor de Segurança Institucional do TJMA, tenente-coronel Alexandre Magno.

A proposta – que resultará em economia para o Judiciário e facilitará a realização de audiências criminais a distância, envolvendo réus presos – será submetida à apreciação da Comissão de Informática do TJMA, bem como aos magistrados com atuação no Estado.

Segundo a proposta, a comunicação utilizará a ferramenta pública Skype, permitindo a comunicação por vídeo, utilizando a rede de internet do Poder Judiciário. O início da instalação está previsto para o dia 29 de janeiro e será feito remotamente, de forma gradual. A Diretoria de Informática vai elaborar um manual de orientação para instalação e utilização do sistema.

Outra vertente da proposta objetiva dar continuidade à instalação de salas de videoconferência permitindo a comunicação com órgãos do Judiciário, como o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e os tribunais. Atualmente, já existem cinco salas desse tipo – TJMA, Fórum de São Luís, Escola Superior da Magistratura (ESMAM), Fórum de São José de Ribamar e Penitenciária de Pedrinhas.

Com a expansão, ainda no primeiro semestre novas salas serão instaladas na CGJ e nas comarcas sedes de polos judiciários – Imperatriz, Chapadinha, Bacabal, São João dos Patos, Pinheiro e Caxias. No segundo semestre, com a conclusão de processo licitatório que já se encontra em andamento, a expansão alcançará outras comarcas a serem definidas.

 

Juliana Mendes

Assessoria de Comunicação

asscom@tjma.jus.br

Para acompanhar as notícias do Poder Judiciário, siga o nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2