Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Busca ▼
A entrega simbólica das canecas e a assinatura do Termo contaram com a presença do diretor de Relações Institucionais da Cemar, Jorge Leite Soares (Foto: Ribamar Pinheiro)

A entrega simbólica das canecas e a assinatura do Termo contaram com a presença do diretor de Relações Institucionais da Cemar, Jorge Leite Soares (Foto: Ribamar Pinheiro)

SUSTENTABILIDADE | Judiciário maranhense adota copos e xícaras reutilizáveis

14
NOV
2017

13:34

Em respeito aos princípios de responsabilidade ambiental, o Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) adquiriu copos e xícaras reutilizáveis, produzidos com fibra de coco, para serem distribuídos a todos os servidores e magistrados do Estado, em substituição aos copos descartáveis.

O Tribunal adotou também o uso dos “ecopos” – copos descartáveis feitos de material biodegradável, que se decompõem em 18 meses, para atendimento ao público externo. A compra de descartáveis para água e café já havia sido proibida desde junho deste ano, por meio de Ato da Presidência.

A entrega simbólica das canecas e ecopos foi feita na manhã desta terça-feira (14), pelos desembargadores Jorge Rachid (Presidente do Núcleo de Sustentabilidade do TJMA) e Cleones Cunha (Presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão).

O desembargador Jorge Rachid explicou que a substituição dos descartáveis representa uma economia anual de R$ 62 mil. Ele ressaltou que o principal benefício é a redução no descarte de resíduos plásticos no meio ambiente, material que gera sérios impactos no ecossistema e leva mais de 400 anos para se decompor.

“O presidente do Tribunal de Justiça está adotando o primeiro copo reutilizável. Ele será entregue a cada servidor e magistrado do Estado”, informou.

O desembargador Cleones Cunha ressaltou a atuação do Núcleo de Sustentabilidade do TJMA em prol da responsabilidade ambiental, com ações que respeitam os princípios constitucionais de garantir um meio ambiente ecologicamente equilibrado e recursos naturais para as atuais e futuras gerações. “Há alguns anos, não aconteciam essas medidas em favor da natureza e de preocupação com o futuro. É preciso que cada um assuma plenamente essa responsabilidade”, observou.

ENERGIA ELÉTRICA – Na ocasião, o presidente do TJMA, desembargador Cleones Cunha, e o diretor de Relações Institucionais da CEMAR, José Jorge Leite Soares, assinaram Termo de Cooperação para a substituição de 1.200 lâmpadas fluorescentes e de vapor metálico por unidades de LED, no Centro Administrativo do TJMA (Rua do Egito), gerando uma economia anual estimada em R$ 57 mil, com a redução no consumo de energia elétrica.

O Termo é resultante de projeto aprovado por meio da Chamada Pública de Projetos de Eficiência Energética da CEMAR 2016 e Programa de Eficiência Energética (PEE) da CEMAR, conforme os Procedimentos do Programa de Eficiência Energética – PROPEE – aprovados por Resolução da ANEEL.

O diretor José Jorge Leite ressaltou a importância das iniciativas do Judiciário maranhense em prol da sustentabilidade, como a parceria para eficientização do consumo energético e as medidas de conscientização do público para uso racional da energia.

“Este é um momento em que toda a sociedade deve se preocupar com um ambiente ecologicamente equilibrado”, alertou.

A entrega simbólica das canecas e assinatura do Termo também contou com a presença do diretor do Fórum de São Luís, juiz Sebastião Bonfim; da diretora Administrativa do TJMA, Socorro Moreira de Sousa; engenheiros do Tribunal e da Cemar; e servidores do Núcleo de Sustentabilidade e da Divisão de Material e Patrimônio do Tribunal.

 

Juliana Mendes

Assessoria de Comunicação do TJMA

asscom@tjma.jus.br

(98) 3198.4370

Para acompanhar as notícias do Poder Judiciário, siga o nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2