Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Busca ▼
A posse ocorreu no gabinete da Presidência do TJMA (Foto: Ribamar Pinheiro)

A posse ocorreu no gabinete da Presidência do TJMA (Foto: Ribamar Pinheiro)

MAGISTRATURA | Comarca da Ilha de São Luís tem nova juíza

26
OUT
2017

10:01

A magistrada Maria da Conceição Privado Rêgo – titular da Comarca de Brejo, de entrância intermediária – tomou posse no cargo de juíza auxiliar da Comarca da Ilha de São Luís, de entrância final. Ela foi empossada pelo presidente do TJMA, desembargador Cleones Cunha, na presença da vice-presidente da Corte, desembargadora Maria das Graças Duarte Mendes, e da diretora-geral do Tribunal, juíza Isabella Lago.

Maria da Conceição Privado Rêgo ingressou na magistratura em 1998, em Santa Quitéria. Ela foi a primeira juíza da comarca, cuja instalação ocorreu também em 1998.

Respondeu pela Comarca de Brejo por várias vezes e foi removida para a Olho d'Água das Cunhãs, onde atuou durante seis anos, retornando novamente para Brejo, ficando lá os últimos três anos, sendo agora promovida para a Comarca da Ilha de São Luís.

A magistrada disse que, na Comarca de Brejo, contou com o trabalho de excelentes servidores para dar resposta a uma demanda processual de oito mil processos. “Hoje, tramitam na comarca 3.200 processos”, frisou.

Maria da Conceição Privado Rêgo afirmou que espera continuar contribuindo com a Justiça com o mesmo empenho e motivação na Comarca da Ilha de São Luís. "Sou juíza por vocação”, assinalou.

O presidente do TJMA, desembargador Cleones Cunha, parabenizou a magistrada pelo desempenho e dedicação ao trabalho nas comarcas onde atuou. A juíza agradeceu à Presidência do Tribunal o apoio recebido durante o exercício da magistratura na entrância intermediária.

 

Orquídea Santos

Assessoria de Comunicação do TJMA

asscom@tjma.jus.br

(98) 3198 4370

Para acompanhar as notícias do Poder Judiciário, siga o nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2