Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Busca ▼
O Termo de Cooperação faz parte do Programa de Estímulo ao Uso dos Mecanismos Virtuais para Solução de Conflitos (Arte: Eduardo Sales)

O Termo de Cooperação faz parte do Programa de Estímulo ao Uso dos Mecanismos Virtuais para Solução de Conflitos (Arte: Eduardo Sales)

Instituições firmam parceria para viabilizar a conciliação em plataforma digital

19
MAI
2017

12:35

Uma parceria entre o Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), o Ministério da Justiça, a Secretaria Estadual de Direitos Humanos e Participação Popular e a Federação dos Municípios do Maranhão (Famem) viabilizará a conciliação entre empresas e consumidores com a utilização de plataforma digital em São Luís e nos municípios do interior do Estado.

Termo de Cooperação nesse sentido será assinado no dia 31 deste mês pelos órgãos parceiros, em solenidade no Tribunal de Justiça do Maranhão. O objetivo é possibilitar aos consumidores a negociação de suas dívidas diretamente com empresas, utilizando o sistema de Mediação Virtual, disponibilizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). No procedimento, os consumidores podem utilizar também a plataforma digital do Ministério da Justiça.

Será dada atenção especial aos municípios que integram o Plano de Ações Mais IDH – política de governo instituída com vistas à melhoria da qualidade de vida da população, superando as desigualdades sociais nos meios urbano e rural.

A Companhia Energética do Maranhão - que já firmou termo de adesão à plataforma digital - e a Vale S.A - que já estabeleceu parceria para divulgação da mediação digital  - estarão presentes na solenidade de assinatura do Termo de Cooperação.

O Termo de Cooperação faz parte do Programa de Estímulo ao Uso dos Mecanismos Virtuais para Solução de Conflitos, proposto pelo Núcleo Permanente de Solução de Conflitos e Cidadania (Nupemec) e aprovado em sessão plenária administrativa do Tribunal de Justiça do Maranhão.

 

Assessoria de Comunicação do TJMA

asscom@tjma.jus.br

(98) 3198.4370

Para acompanhar as notícias do Poder Judiciário, siga o nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2