Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Busca ▼
Para o novo ouvidor-geral, desembargador Paulo Velten Pereira, a sociedade está participando mais do aprimoramento das atividades jurisdicionais (Foto: Ribamar Pinheiro)

Para o novo ouvidor-geral, desembargador Paulo Velten Pereira, a sociedade está participando mais do aprimoramento das atividades jurisdicionais (Foto: Ribamar Pinheiro)

Novo ouvidor defende maior aproximação entre Judiciário e cidadão

16
JAN
2014

13:50

A participação efetiva e conscientizada do cidadão e o contato mais direto com a sociedade nortearão as ações da Ouvidoria do TJMA nos próximos dois anos, segundo o desembargador Paulo Velten Pereira, novo ouvidor-geral do Poder Judiciário do Maranhão.

“A sociedade está participando cada vez mais do aprimoramento das atividades jurisdicionais, apontando falhas, sugerindo e cobrando soluções.Vamos manter o bom trabalho já desenvolvido, nas gestões anteriores, e trazer novos avanços de modo a aprofundar a democratização do Poder Judiciário”, afirma.

Entre as estratégias para a nova gestão do órgão está a realização de audiências públicas periódicas mensais, em parceria com as lideranças comunitárias, inicialmente nas comarcas do interior; também devem ser feitas reuniões com magistrados para discutir o papel e a importância da ouvidoria na melhoria da prestação jurisdicional.

Paulo Velten defende que as ouvidorias precisam ser prestigiadas e, sobretudo, incorporadas à realidade cotidiana de juízes e servidores e propõe que a sede do órgão - atualmente funcionando no subsolo do Shopping Jaracaty – seja transferida para o Fórum Desembargador Sarney Costa (Calhau), a fim de que a participação dos usuários ocorra no local onde a prestação jurisdicional acontece.

“Se o serviço é público, o cidadão deve participar. E nós, magistrados e servidores, devemos receber essa realidade como algo natural e fundamental para a constante legitimação do poder. Afinal, sem efetiva participação popular não existem democracia e cidadania”, analisa.

 

Amanda Campos

Assessoria de Comunicação do TJMA

asscom@tjma.jus.br

3198.4370

 

 

 

 

Para acompanhar as notícias do Poder Judiciário, siga o nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2