Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Busca ▼
O presidente Guerreiro Júnior está dando total apoio ao trabalho do desembargador Lourival Serejo

O presidente Guerreiro Júnior está dando total apoio ao trabalho do desembargador Lourival Serejo

Ouvidoria discute com a população serviços prestados pela Justiça

12
ABR
2012

10:14

A Ouvidoria do Poder Judiciário realiza nesta sexta-feira (13), às 9h30, audiência pública, na Associação dos Moradores da Cidade Operária. O objetivo é tirar dúvidas, receber reclamações, denúncias, críticas e sugestões dos usuários dos serviços prestados pela Justiça estadual. As críticas apresentadas durante a audiência serão anotadas e encaminhadas ao setor competente no âmbito do Poder Judiciário, para que sejam tomadas as providências devidas, mantendo o interessado informado sobre as medidas adotadas. “A audiência vai permitir uma maior aproximação entre o Poder Judiciário e o cidadão, que poderá apresentar sugestões para melhorar o funcionamento da Justiça. Assim, a população sente-se valorizada, mudando a sua ideia de Justiça e retirando aquela impressão de inacessibilidade”, ressalta o desembargador Lourival Serejo, ouvidor do Judiciário. Para Serejo, é importante a Justiça manter um canal de comunicação direto com o cidadão. “Com a realização de audiências públicas, vamos alargar esse canal de comunicação e interação com a sociedade”, salientou. Eficiência - Incentivador da iniciativa, o presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, Antonio Guerreiro Júnior, diz que a Ouvidoria exerce papel fundamental na aproximação do Poder Judiciário com a população. O trabalho desenvolvido pela Ouvidoria eleva o nível de eficiência dos serviços do Poder Judiciário, consolida imagem positiva da Justiça e obedece aos princípios constitucionais da transparência e eficiência”, afirma Guerreiro, acrescentando que na sua gestão o instrumento vai receber os investimentos necessários para melhorar os seus serviços. A logística das audiências públicas realizadas pela Ouvidoria do Poder Judiciário é simples. Os participantes apresentam suas críticas, que são anotadas e encaminhadas ao setor competente no âmbito do Poder Judiciário, para que sejam tomadas as providências devidas. Criação - A Ouvidoria foi criada pela Resolução nº 20/2010, em resposta aos anseios do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que, em sua Resolução nº 103/2010, determinou a criação de ouvidorias no âmbito dos tribunais de justiça nos estados. Sua instalação ocorreu em 8 de novembro de 2010. Desde então, o órgão vem oferecendo respostas concretas às reclamações que chegam diariamente ao seu conhecimento. Danielle Calvet Assessoria de Comunicação do TJMA asscom@tjma.jus.br (98) 2106 9023-9024

Para acompanhar as notícias do Poder Judiciário, siga o nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2