Judiciário realiza Seminário de Diversidade e Antidiscriminação 

Interessados em participar já podem se inscrever
02/08/2022
Fernando Souza - Ascom ESMAM

Com o tema “Racismo e Sistema de Justiça: perspectivas do Racismo na sociedade brasileira e seus reflexos na prestação jurisdicional”, o Poder Judiciário do Maranhão realiza o 2º Seminário Estadual de Diversidade e Antidiscriminação. O evento é aberto ao público, podendo participar integrantes do quadro de pessoal do Judiciário e da sociedade civil (estudantes, representantes de entidades e demais interessados). As inscrições já estão abertas e podem ser feitas até o próximo dia 10. 

O Seminário será realizado nos dias 25 e 26 de agosto, com carga horária de 10 horas, no auditório do UniCeuma – Renascença. No total, serão disponibilizadas 250 vagas, sendo 100 reservadas para integrantes do Judiciário, que deverão fazer as inscrições exclusivamente pelo Sistema Tutor, disponível na Plataforma Sentinela. Público externo fará a inscrição em link próprio e todos os participantes receberão certificado emitido pela Escola Superior da Magistratura do Maranhão (ESMAM).

Promovido pelo Tribunal de Justiça, por meio do Comitê de Diversidade do Tribunal de Justiça do Maranhão, o evento conta com o apoio da ESMAM. A iniciativa faz parte do calendário de ações de fomento ao diálogo, reflexão e promoção do respeito à diversidade e aos direitos dos diversos grupos sociais, garantindo o acesso à justiça contra todo tipo de violência decorrente de preconceito e práticas discriminatórias.

A iniciativa está alinhada com as ações do Comitê para o biênio 2020/2022 e atende às diretrizes do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para a diversidade. Também está alinhada aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que integram a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidades. Estão contempladas na iniciativa o ODS 4 (Educação de Qualidade), ODS 10 (Redução de Desigualdades); e do ODS 16 (Proporcionar o acesso à justiça para todos). Em síntese, o foco se dá na proteção às liberdades fundamentais, cumprimento das leis e promoção de políticas não discriminatórias para o desenvolvimento sustentável.

Além das palestras, a programação também contará com a Exposição “Maria Firmina dos Reis”, lançamento de edital para publicação de capítulo de livro sobre a temática “Diversidade e Antidiscriminação”, lançamento do Prêmio Luiz Ferreira – “Luizão” 2022. Terá, ainda, apresentações, lançamento de livros, sessão de autógrafos e exposição de arte, cultura e projetos desenvolvidos por escolas, grupos e movimentos sociais.

Inscrições de integrante do Judiciário AQUI.

Inscrições público externo AQUI.

Confira a PROGRAMAÇÃO:

 

GALERIA DE FOTOS