Servidores da Corregedoria passam por capacitação em análise preditiva

Dados vão ajudar na previsão de cenários e na definição de estratégias
29/10/2020
Fernando Souza

Um grupo de servidores da Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão (CGJ-MA) participou na manhã nesta quinta-feira (28/10) do 1º Encontro de Análise Preditiva realizado pelo órgão. O curso, realizado na Escola da Magistratura, tem a proposta de aperfeiçoar a análise de dados sob o enfoque preditivo e prescritivo, com o objetivo de prever acontecimentos e agir com base científica para o alcance das soluções desejadas.

Os trabalhos foram conduzidos pelo professor Ivis Ribeiro Silva, que é analista de dados do Tribunal de Justiça do Maranhão. Ele destacou no encontro que para realização de um planejamento estratégico de excelência, não basta a análise descritiva, que avalia o cenário momentâneo; tampouco a análise diagnóstica, que identifica as causas do referido cenário. Segundo explicou, com a análise preditiva é possível antecipar os fatos e atuar nas suas variantes de forma resolutiva.

O treinamento foi voltado inicialmente para os Servidores da Coordenadoria de Planejamento e da Divisão de Estatística da CGJ-MA, com participação de servidores também da Assessoria de Planejamento do Tribunal de Justiça, em razão de trabalharem diretamente com a análise de dados e elaboração de estratégias do órgão. 

De acordo com a coordenadora de Planejamento da Corregedoria, Aline Mendonça, a finalidade é capacitar a equipe sobre estatística preditiva de forma a construir uma abordagem mais moderna e aprofundada sobre a Justiça de 1º grau, visando o aprimoramento dos processos de trabalho. 

“Com a implantação da estatística preditiva será possível trabalhar com os dados do 1º grau e fazer previsões e probabilidades sobre julgamentos, distribuição e alcance de metas, a fim de implantar planos de ação que contribuam para a otimização do trabalho nas unidades judiciais”, explicou a coordenadora.

Nesta primeira etapa de capacitação, foi possível conhecer as diretrizes básicas da Ciência de Dados, seus conceitos gerais, como ela pode contribui para melhoria dos serviços judicias e estabelecer um nivelamento do conhecimento. Os próximos encontros serão realizados com mais aprofundamento na matéria e haverá imersão em atividades práticas.


Assessoria de Comunicação
Corregedoria Geral da Justiça
asscomcgj@gmail.com
asscom_cgj@tjma.jus.br

GALERIA DE FOTOS