Interlocução com a sociedade

17/08/2021
  • Desenvolver ampla campanha junto à sociedade para disseminar a cultura da conciliação, dando ênfase ao trabalho desenvolvido pelos Centros de Conciliação do TJMA;
  • Produzir matérias jornalísticas de forma sistemática para divulgação dos serviços oferecidos pelos Centros de Conciliação em todo o Estado;
  • Destacar e divulgar, junto aos meios de comunicação, práticas e experiências que expressem de forma marcante a importância da conciliação como meio de resolução de conflitos;
  • Apoiar as ações da Ouvidoria e desenvolver campanha para difundir, junto à sociedade, o seu papel como órgão vital do Poder Judiciário;
  • Assessorar a Ouvidoria no planejamento e na realização de audiências públicas, principalmente nas questões que envolvem uma melhor interlocução do Poder Judiciário com a sociedade;
  • Elaborar a publicação institucional “Conhecendo o Judiciário”, trazendo, de forma objetiva e didática, todas as informações sobre o funcionamento do Poder Judiciário;
  • Produzir um Kit Informativo sobre o funcionamento do Processo Judicial Eletrônico, mostrando a sua importância para a modernização da Justiça e para a celeridade processual;
  • Produzir portfólio dos programas e projetos sociais do Tribunal do Tribunal (vídeo, livreto, folder, folheto e flyer), dando ampla divulgação junto à comunidade jurídica;
  • Qualificar a cobertura da mídia nas atividades do Poder Judiciário, promovendo painéis e mesas redondas com jornalistas para que estes tenham uma melhor compreensão do trabalho desenvolvido pela Justiça Estadual;
  • Consolidar a imagem positiva do Poder Judiciário na sociedade, com uma divulgação mais sistemática e dirigida de suas ações no campo institucional com enfoque especial na cidadania;
  • Dar maior ênfase à divulgação das decisões judiciais que têm valor de notícia na imprensa, principalmente aquelas de caráter pedagógico que ajudam o cidadão a ter mais consciência dos seus direitos e reforçam o compromisso dos magistrados com a Justiça Social;
  • Realizar exposição de matérias jornalísticas de grande repercussão a partir de decisões da Justiça de 2º Grau;
  • Ampliar a divulgação das ações do Tribunal de Justiça no Estado, com o envio sistemático de boletins informativos às emissoras de rádio do interior, com inserções ao vivo na programação jornalística desses veículos.