Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Clique para fechar

TELEFONES DA ESMAM ESTÃO INATIVOS

A central telefônica da Escola Superior da Magistratura (ESMAM) ficará inativa, até segunda-feira (1º de julho), para manutenção, troca de equipamentos e alteração de números. Os contatos com a escola devem ser feitos pelo e-mail esmam@tjma.jus.br, até a conclusão dos serviços. Pedimos desculpas por qualquer transtorno e agradecemos a compreensão de todos. Secretaria-Geral da ESMAM

Busca ▼

INCLUSÃO | Eventos da Escola da Magistratura terão intérpretes de LIBRAS

24
MAI
2019

09:34

Eventos promovidos pela Escola Superior da Magistratura do Maranhão (ESMAM) passarão a ser traduzidos para a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), facilitando a acessibilidade aos portadores de deficiência auditiva. A iniciativa tem a participação de intérpretes da Secretaria de Estado da Educação e do Centro de Apoio e Ensino às Pessoas com Surdez (CAS).

Serão traduzidas palestras abertas ao público, cujo conteúdo seja produzido para ampla divulgação em canais digitais de comunicação. A primeira apresentação ocorreu durante a palestra Prisão Cautelar e Inovações Jurisprudenciais, proferida pelo ministro Joel Paciornik, na quinta-feira (23), no auditório do Fórum de São Luís.

CAPACITAÇÃO

A escola judicial também planeja para o segundo semestre deste ano a realização de uma série de cursos de capacitação para servidores interessados no aperfeiçoamento em LIBRAS.

A proposta contempla o alfabeto manual, parâmetros da LIBRAS, numerais, saudações, tempo cronológico, sinas relacionados ao contexto do trabalho, ao contexto da família, cultural e comunidade surda, vocabulário, pronomes, advérbios, entre outras categorias, além do que, vai contar com técnicas que visam aprimorar a expressão facial e corporal na comunicação com os surdos.

Pela Lei nº. 10.436, de 24 de abril de 2002, deve ser garantido, por parte do poder público, formas institucionalizadas de apoiar o uso e a difusão da Língua Brasileira de Sinais como meio de comunicação objetiva e de utilização corrente das comunidades surdas do Brasil.

Desde o ano de 2009, a ESMAM vem capacitando servidores do Judiciário na linguagem de sinais, para melhor atender ao público portador de deficiência auditiva. Ao longo desse período foram ofertadas mais de 20 turmas no nível básico I e II.

Comunicação ESMAM
(esmam@tjma.jus.br)
(98) 3235 3231
 

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2