Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Busca ▼
Esta é a segunda edição da palestra programada pela Esmam, aos servidores do Judiciário estadual

Esta é a segunda edição da palestra programada pela Esmam, aos servidores do Judiciário estadual

TJMA é o primeiro a realizar palestra com recordista de memória

03
JUL
2014

16:45

Os servidores do Judiciário estadual maranhense estão sendo capacitados a utilizar ferramentas que ativem a memória, concentração e foco, a partir das técnicas comprovadamente eficazes ensinadas pelo mnemonista Renato Alves Nunes. Dos Tribunais estaduais, o do Maranhão é o primeiro a ter esse treinamento direcionado a seus servidores.

A palestra, programada pela escola judicial maranhense, reflete sobre os mecanismos da memória e seu funcionamento e de que forma o conhecimento pode ser plantado para perdurar.

O especialista em memória destacou que estados emocionais influenciam pensamentos e geram comportamentos que causam distração e elevam o índice de retrabalho, situações que ocasionam perda de tempo e estresse laboral.

Cuidar da saúde mental e física; trabalhar com prazer; acreditar no próprio poder de memorização e estimular a memória com exercícios são algumas das maneiras de se blindar o cérebro e desenvolver a capacidade de memorização frente ao ambiente atual de circulação permanente e rápida de inúmeras informações.          

"É um sentimento da época que vivemos. Temos muitas informações, pouco tempo e falta de estratégia.  O problema está na maneira como as informações são selecionadas, e a falta de conhecimento faz com que um grande número de pessoas passem a acreditar que seu cérebro não funciona. Mas isso não é verdade", advertiu Renato Alves Nunes.

Mais de 130 servidores de diversas unidades jurisdicionais do Tribunal de Justiça do Maranhão participaram da palestra. Francinalda Aragão Lima, servidora da 2ª Vara Criminal de São José de Ribamar, afirmou que vai ser multiplicadora das técnicas aprendidas no ambiente de trabalho.

"O excesso de informação que temos e a falta de tempo para tudo, me faziam ter dificuldade de memória. Sei que a rotina e a quantidade de informações me prejudicavam, então resolvi participar e com certeza vou repassar o que aprendi para os colegas de trabalho", disse a servidora.

 

Comunicação ESMAM

(98) 3235-3231 - ramal 220

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2