Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Busca ▼
Cadeiras de expediente depois dos serviços de reforma

Cadeiras de expediente depois dos serviços de reforma

BALANÇO | Fórum de São Luís gera economia de R$ 3 milhões com reforma de 2.500 cadeiras de expediente

17
JAN
2020

11:49

Em 2019, a Divisão de Material e Patrimônio do Fórum Des. Sarney Costa implementou o projeto “Oficina de Pequenos Reparos”, que conseguiu, dentre outros, reformar 2540 cadeiras, 22 mesas e 19 armários, materiais que seriam descartados e voltaram a integrar o patrimônio do Poder Judiciário, gerando uma economia de R$ 3 milhões. No período, o setor atendeu 100% das requisições de materiais de consumo, realizadas via sistema E-mat.

A Divisão de Material e Patrimônio é responsável pelo suprimento das unidades judiciais e administrativas do Fórum de São Luís, no que se refere a materiais de consumo e bens patrimoniais. Atualmente, todas as operações de requisição e atendimento de materiais são informatizadas, garantindo maior agilidade no atendimento, e um rigoroso controle de entrada e saída de materiais.

Segundo o chefe da divisão, Júnior Machado, também foi possível, em 2019, realizar o inventário patrimonial em todas as unidades administrativas e judiciais do Fórum, e, com a otimização do depósito, garantir o contingenciamento de alguns itens no local, para melhor atendimento das unidades do fórum. “Com a posse de aparelhos telefônicos, bebedouros, cafeteiras, quadros brancos, armários, estantes, dentre outros, conseguimos reduzir o tempo de atendimento das unidades judiciais e administrativas de até 15 dias para 1 hora”, comemora.

REUTILIZAÇÃO - Com o advento do Processo Judicial Eletrônico – PJE e da criação da Central de Digitalização, os “Arquivos Deslizantes” que servem para guardar processos judiciais físicos, estão sendo dispensados pelas unidades judiciais. A Divisão de Material e Patrimônio, evitando o descarte desses bens, e que custam em média R$ 12 mil a unidade, deu nova utilização para os mesmos. Montou armários no depósito da divisão, ampliando a capacidade de armazenamento de materiais de consumo no local. Segundo dados da Divisão de Patrimônio, a mobília relativa aos arquivos está avaliada em R$ 75 mil.

 

Márcio Rodrigo
Assessoria de Comunicação
Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão
asscom_cgj@tjma.jus.br
www.facebook.com/cgjma 

Para acompanhar as notícias do Poder Judiciário, siga o nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2