Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Clique para fechar

CANAIS DE COMUNICAÇÃO - FÓRUM DE IMPERATRIZ

CONTATOS FÓRUM DE IMPERATRIZ Diretoria (99) 98815-0006 1ª Vara Cível (99) 99150-0687 falecoma1acivel@outlook,com 2ª Vara Cível (99) 98122-2415 varaciv2_itz@tjma.jus.br 3ª Vara Cível (99) 98121-7422 varaciv3_itz@tjma.jus.br 4ª Vara Cível (99) 98130-1365 varaciv4_itz@tjma.jus.br 1ª Vara Criminal (99) 99191-2803 varacrim1_itz@tjma.jus.br 2ª Vara Criminal (99) 98139-1515 varacrim2_itz@tjma.jus.br 3ª Vara Criminal (98) 98286-5961 varacrim3_itz@tjma.jus.br Central de Inquéritos (99) 3529-2023 whattsApp (99) 98164-0119 centralcustodia.itz@gmail.com Vara de Execuções (99) 98413-0100 vep_itz@tjma.jus.br 1ª Vara da Família (99) 99124-5524 varafam1_itz@tjma.jus.br 2ª Vara da Família (99) 99186-7374 varafam2_itz@tjma.jus.br 3ª Vara da Família (99) 98819-1049 varafam3_itz@tjma.jus.br Vara da Fazenda Pública (99) 98809-0317 varafaz_itz@tjma.jus.br 1º Juizado Cível (99) 98486-3172 juizciv1__itz@tjma.jus.br 2º Juizado Cível (99) 99989-6346 juizciv2_itz@tjma.jus.br Juizado Criminal (99) 98150-7627 (99) 3524-7155 whattsApp juizcrim1_itz@tjma.jus.br Turma Recursal (99) 98806-7666 whattsApp turmarecursal_itz@tjma.jus.br Vara da Mulher (99) 98414-6823 varamulher_itz@tjma.jus.br Vara da Infância (99) 98123-4161 whattsApp (99) 98404-8999 varainf_itz@tjma.jus.br Distribuição (99) 98144-3392 secdistrbuicao_itz@tjma.jus.br Contadoria (99) 99179-5905 (99) 98414-9622 contadoria_itz@tjma.jus.br Central de Mandados (99) 98170-6497

Clique para fechar

ATENDIMENTO GERAL CGJ | TELEFONE | EMAIL

ATENDIMENTO GERAL CGJ Telefone: (98) 3198-4600 Email: protocolo_cgj@tjma.jus.br

Busca ▼
ilustração

ilustração

CODÓ | 2ª Vara realiza duas sessões de julgamento

16
SET
2019

09:38

A 2ª Vara da Comarca de Codó realizou, na última semana, duas sessões do Tribunal do Júri. Os júris, realizados nos dias 11 e 12 de setembro, foram presididos pelo juiz Carlos Eduardo de Arruda Mont'Alverne, titular da unidade judicial, e tiveram como réus os homens Maxsuel da Sene da Silva Alves e Limarcos Santos Rodrigues, acusados de homicídio e tentativa de homicídio, respectivamente. O réu Maxsuel foi considerado culpado e recebeu a pena de 12 anos de prisão. Já o réu Limarcos foi absolvido pelo conselho de sentença.

No primeiro júri, realizado na quarta-feira (11), o réu foi Maxsuel da Sene da Silva Alves, acusado de prática de homicídio contra a vítima Guilherme de Freitas Moreira. Consta na denúncia que no dia 20 de setembro do ano passado, Maxsuel teria matado Guilherme com uma facada no tórax. O crime teria sido praticado por motivo fútil e ocorreu na Praça da Igreja São Francisco, no Bairro São Francisco, em Codó. No julgamento, a defesa alegou que não houve homicídio doloso, e sim lesão corporal seguida de morte, tese não acatada pelo conselho de sentença. Maxsuel foi condenado a 12 anos de prisão, pena a ser cumprida, inicialmente, em regime fechado.

ALVO ERRADO - O segundo caso, em júri realizado na quinta-feira (12), trouxe como réu o homem Limarcos Santos Rodrigues, conhecido pelo apelido de ‘Limão’. Ele estava sendo acusado de ter tentado contra a vida de Antônio Rener Coqueiro Sousa Filho. Consta na denúncia que no dia 7 de outubro de 2017, no Bairro Nova Jerusalém, o acusado teria tentado acertar com um tiro o homem identificado como Frank, tendo errado e atingido Antônio Rener, na região do abdômen. Baleado, Antônio Rener Coqueiro foi levado ao hospital e conseguiu se recuperar. Ele foi absolvido pelo conselho de sentença.

Atuaram nas duas sessões do Tribunal do Júri, além do juiz, a promotora de Justiça Linda Luz Matos Carvalho e o defensor Thiago Rodrigues Batista. As sessões foram realizadas no Salão do tribunal do Júri do Fórum de Codó.


Michael Mesquita
Assessoria de Comunicação
Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão
asscom_cgj@tjma.jus.br
www.facebook.com/cgjma

 

Para acompanhar as notícias do Poder Judiciário, siga o nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2