Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Clique para fechar

CANAIS DE COMUNICAÇÃO - FÓRUM DE IMPERATRIZ

CONTATOS FÓRUM DE IMPERATRIZ Diretoria (99) 98815-0006 1ª Vara Cível (99) 99150-0687 falecoma1acivel@outlook,com 2ª Vara Cível (99) 98122-2415 varaciv2_itz@tjma.jus.br 3ª Vara Cível (99) 98121-7422 varaciv3_itz@tjma.jus.br 4ª Vara Cível (99) 98130-1365 varaciv4_itz@tjma.jus.br 1ª Vara Criminal (99) 99191-2803 varacrim1_itz@tjma.jus.br 2ª Vara Criminal (99) 98139-1515 varacrim2_itz@tjma.jus.br 3ª Vara Criminal (98) 98286-5961 varacrim3_itz@tjma.jus.br Central de Inquéritos (99) 3529-2023 whattsApp (99) 98164-0119 centralcustodia.itz@gmail.com Vara de Execuções (99) 98413-0100 vep_itz@tjma.jus.br 1ª Vara da Família (99) 99124-5524 varafam1_itz@tjma.jus.br 2ª Vara da Família (99) 99186-7374 varafam2_itz@tjma.jus.br 3ª Vara da Família (99) 98819-1049 varafam3_itz@tjma.jus.br Vara da Fazenda Pública (99) 98809-0317 varafaz_itz@tjma.jus.br 1º Juizado Cível (99) 98486-3172 juizciv1__itz@tjma.jus.br 2º Juizado Cível (99) 99989-6346 juizciv2_itz@tjma.jus.br Juizado Criminal (99) 98150-7627 (99) 3524-7155 whattsApp juizcrim1_itz@tjma.jus.br Turma Recursal (99) 98806-7666 whattsApp turmarecursal_itz@tjma.jus.br Vara da Mulher (99) 98414-6823 varamulher_itz@tjma.jus.br Vara da Infância (99) 98123-4161 whattsApp (99) 98404-8999 varainf_itz@tjma.jus.br Distribuição (99) 98144-3392 secdistrbuicao_itz@tjma.jus.br Contadoria (99) 99179-5905 (99) 98414-9622 contadoria_itz@tjma.jus.br Central de Mandados (99) 98170-6497

Clique para fechar

ATENDIMENTO GERAL CGJ | TELEFONE | EMAIL

ATENDIMENTO GERAL CGJ Telefone: (98) 3198-4600 Email: protocolo_cgj@tjma.jus.br

Clique para fechar

1ª VARA DE COROATÁ | TELEFONES DE CONTATO

A Comarca de Coroatá informa que o telefone da 1ª Vara continua apresentando problemas. Foi solicitado o respectivo reparo em 12/05/20 (Processo nº 159242020), mas até o momento não foi solucionado. Até que haja a correção do defeito, a Secretaria Judicial estará atendendo pelos telefones (99) 99148-6004, (99) 98108-3901, (99) 98192-5242 e (98) 99114-2565 e pelo e-mail vara1_cor@tjma.jus.br.  

Busca ▼
Equipe de fiscalização atuou com o apoio da PMMA.

Equipe de fiscalização atuou com o apoio da PMMA.

BLITZ | Fiscalização no Centro Histórico identifica 40 adolescentes em situação de vulnerabilidade e consumo de álcool

21
JAN
2019

15:30

Durante fiscalização coordenada pela 1ª Vara da Infância e Juventude sobre a presença de crianças e adolescentes em estabelecimentos e ruas do Centro Histórico de São Luís, 40 jovens entre 13 e 17 anos foram identificados em situação de vulnerabilidade, alguns fazendo uso de bebida alcoólica, entorpecentes e drogas. Do total, 35 adolescentes foram entregues aos pais e outros cinco foram encaminhados para abrigos.

A operação contou com a presença da Polícia Militar (PMMA), Corpo de Bombeiros e Blitz Urbana, sendo realizada das 18h às 1:30h da manhã. Entre os estabelecimentos comerciais fiscalizados pelo Corpo de Bombeiros, cinco foram interditados por falta da documentação exigida.

Essa foi a segunda operação deste ano realizada na Praia Grande, em São Luís, após denúncias sobre a presença de adolescentes e o consumo de álcool e drogas no local. No dia 11 de janeiro, 35 adolescentes foram encontrados consumindo bebida alcoólica na mesma situação e foram recolhidos e entregues aos pais ou encaminhados para abrigos pela equipe de Comissários.

A ação percorreu bares e restaurantes, Feira da Praia Grande, escadarias, praças e áreas de estacionamento. Os comissários da Divisão de Proteção Integral (DPI) abordaram os adolescentes, revistaram bolsas e mochilas, verificando se havia bebida alcoólica ou drogas. Os adolescentes que consumiam ou portavam bebidas foram levados para uma sala de apoio da Companhia de Policiamento de Turismo (Captura), na Praia Grande, onde permaneceram até a chegada dos pais ou responsáveis.

O juiz titular da 1ª Vara da Infância e Juventude, José Américo Abreu Costa, disse que essa medida faz parte do trabalho de proteção integral à criança e ao adolescente, desenvolvido pela unidade judiciária com o fim de coibir a venda de bebida para menores de idade, entre outros crimes. “Contamos, sobretudo, com o apoio da família, pois os primeiros juízes da infância são os próprios pais que têm o dever imediato de proteção”, afirmou o juiz.

A fiscalização terá continuidade nas próximas semanas, principalmente em relação à presença de crianças e adolescentes nos festejos de pré-carnaval da capital.
 

Núcleo de Comunicação do Fórum de São Luís.

Para acompanhar as notícias do Poder Judiciário, siga o nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2