Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Busca ▼
Fórum de Paço do Lumiar onde funciona a 2ª Vara. (Foto: Ribamar Pinheiro/TJMA).

Fórum de Paço do Lumiar onde funciona a 2ª Vara. (Foto: Ribamar Pinheiro/TJMA).

JÚRI POPULAR | 2ª Vara de Paço do Lumiar realiza cinco sessões de julgamento no segundo semestre

03
SET
2018

10:21

A 2a Vara de Paço do Lumiar, termo judiciário da Comarca da Ilha de São Luís, está divulgando a pauta de julgamentos a ser cumprida pela unidade judicial no segundo semestre. Até o final de novembro serão cinco sessões de julgamento, todas sob presidência do juiz titular Carlos Roberto de Oliveira Paula. Conforme a pauta, o próximo júri será de Antônio Araújo Silva, a ser realizado no dia 16 de outubro. O réu está preso e será julgado sob acusação de ter matado a vítima José Profiro da Silva Lima, em agosto de 2017. No dia 6 de novembro o réu será Reginaldo Mendes Reis, em Júri de réu solto.

Sobre o caso de Antônio Araújo, consta no inquérito policial que na data de 3 de agosto de 2017 a polícia foi acionada para atender um chamado de homicídio, ocorrido dentro da casa onde moravam acusado e vítima. Na casa, estavam o réu e o corpo de José Profiro, com muitas marcas de sangue pela casa. Ele afirmou aos policiais que teria encontrado o corpo da vítima no chão e a porta da cozinha entreaberta. Ele disse, ainda, que percebeu que teriam sido levados da casa um televisor e celulares pertencentes a ele e à vítima. Entretanto, após algumas investigações e diversas declarações de testemunha, a polícia chegou à conclusão de que o principal suspeito da morte de José Profiro é Antônio Araújo.

Os outros julgamentos em Paço do Lumiar terão como réus Raimundo Nonato da Costa Freitas, em júri a ser realizado no dia 8 de novembro, João Francisco de Assis Neto e Cassiano Abreu Ferreira, réus do dia 22 de novembro. Fechando a pauta, acontece no dia 27 de novembro o julgamento de José dos Anjos Nunes da Silva, acusado de ter tentado contra a vida de Ivison Estevam Borges Nunes.

Relata o inquérito policial que na data de 23 de julho de 2009, o denunciado desferiu alguns golpes de faca tipo peixeira na vítima Ivison Estevam. O acusado teria esperado a vítima passar na frente de casa, na Rua do Mojó, quando a atacou e desferiu quatro facadas. O motivo seria ciúmes, pois o acusado achava que a vítima estava cortejando sua companheira. José dos Anjos imaginava que os dois estavam tendo um relacionamento amoroso.

 

Michael Mesquita

Assessoria de Comunicação

Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão

asscom_cgj@tjma.jus.br

www.facebook.com/cgjma

Para acompanhar as notícias do Poder Judiciário, curta nossa página no Facebook.

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2