Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Busca ▼
Casais participaram de cerimônias em Bequimão e Peri-Mirim

Casais participaram de cerimônias em Bequimão e Peri-Mirim

UNIÃO | Mais de 150 casais participam de casamentos comunitários em Bequimão e Peri-Mirim

15
JUN
2018

17:09

Nestas quarta-feira (13) e quinta-feira (14), dois casamentos comunitários realizados pelo Poder Judiciário no termo judiciário de Peri-Mirim e na comarca de Bequimão oficializaram a união civil de 161 casais residentes nos dois municípios. As cerimônias comunitárias foram organizadas pela juíza titular da comarca de Bequimão, Michele Amorim Sancho, com apoio da Corregedoria Geral da Justiça (CGJ-MA). A participação na cerimônia e a emissão dos documentos necessários ao projeto são inteiramente gratuitos.

Os juízes Rafael Leite (Mirinzal), Holídice Cantanhede (Pinheiro) e Urbanete Angiolis (Turiaçu) também participaram da cerimônia, efetivando a formalização dos casamentos, que contaram ainda com a contribuição de empresários da cidade, que doaram presentes aos noivos e a decoração da festa.

Em Bequimão, a cerimônia reuniu 111 casais e aconteceu no Ginásio pertencente ao Colégio Liliosa Cantanhede, no Bairro de Fátima. Já em Peri-Mirim, 50 casais disseram “sim”, em cerimônia realizada no Ginásio Poliesportivo do Bairro Portinho.

Segundo a juíza Michele Sancho, essa foi a primeira vez que a cidade de Peri-Mirim recebeu o projeto Casamentos Comunitários, que também não acontecia havia 18 anos na comarca de Bequimão.

Em seu discurso, a magistrada ressaltou que o casamento comunitário representa não somente a união dos casais, mas também uma união entre o Poder Público, a iniciativa privada e as associações de classe da comunidade. A magistrada ressaltou o empenho dos servidores da comarca, a contribuição dos empresários da cidade, juízes, Serventias Extrajudiciais, Academia Perimiriense de Letras, Ciências e Artes e Promotoria de Justiça, com o direcionamento de recursos das transações penais para arrecadação de brindes. “Fazia 18 anos que não havia casamento comunitário em Bequimão, foi um momento importante de cidadania para a comunidade”, frisou.

PROJETO – Em 2018, diversos casamentos comunitários já foram realizados em comarcas do interior, como Brejo, Anapurus (termo judiciário), Dom Pedro, Gonçalves Dias (termo judiciário), Santa Luzia e Colinas. Em Davinópolis, um casamento realizado dentro do presídio da cidade foi realizado por juízes da comarca de Imperatriz.

No dia 22 de setembro, acontece o maior casamento comunitário do Estado, que deve reunir mil casais. “Esse é um projeto muito importante de aproximação entre o Poder Judiciário maranhense e a sociedade, que leva dignidade e direitos às famílias”, avalia o corregedor-geral da Justiça, desembargador Marcelo Carvalho Silva.  

 

Assessoria de Comunicação
Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão
asscom_cgj@tjma.jus.br
www.facebook.com/cgjma

Para acompanhar as notícias do Poder Judiciário, curta nossa página no Facebook.

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2