Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Busca ▼
Corregedor reuniu-se com a Diretoria da Associação dos Magistrados (AMMA). (Foto: Josy Lord).

Corregedor reuniu-se com a Diretoria da Associação dos Magistrados (AMMA). (Foto: Josy Lord).

DIÁLOGO | Corregedor-geral recebe visita institucional da Associação dos Magistrados

11
JAN
2018

16:26

Nesta quinta-feira (11), o corregedor-geral da Justiça, desembargador Marcelo Carvalho, juntamente da equipe de juízes auxiliares da Corregedoria Geral da Justiça (CGJ-MA), reuniu-se com representantes da Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA), que apresentaram as principais demandas da magistratura de 1º Grau tendo em vista a melhoria da prestação jurisdicional no Estado. Estiveram presentes o presidente da AMMA, juiz Ângelo Alencar dos Santos; o diretor da CGJ-MA, juiz Marcelo Moreira; o diretor do Fórum de São Luís, juiz Edilson Caridade; os juízes auxiliares da Corregedoria, Kariny Reis, Gladiston Cutrim, Raimundo Bogea, Jaqueline Caracas e Francisca Galiza; membros da Diretoria da AMMA, juízes Luis Carlos Licar, Adelvan Nascimento, Ticiany Gedeon e Andreia Perlmutter; além de outros juízes do Fórum da capital.

Na oportunidade, o desembargador Marcelo Carvalho afirmou o total apoio da Corregedoria no propósito de oferecer melhores condições de trabalho aos magistrados, e sua disposição para receber e ouvir os pedidos de interesse da Justiça de 1º Grau. “Nós sabemos das dificuldades que os juízes enfrentam hoje para levar adiante a função jurisdicional, e faremos uma gestão baseada no diálogo e com a participação da magistratura”, disse.

DEMANDAS – O juiz Ângelo Santos levantou as principais necessidades da Justiça de 1º Grau, como a expansão do Processo Judicial Eletrônico (PJe) - que já apresenta impacto positivo na celeridade processual e melhoria dos serviços judiciários nas unidades judiciais contempladas com o sistema; e incremento no assessoramento e equipes de servidores nas comarcas, considerando o aumento da demanda processual no Estado.

O presidente da Associação também sugeriu a efetivação de juízes titulares para as Turmas Recursais, facilitando a movimentação na carreira; elaboração de normativo com critérios objetivos para designação de juízes auxiliares da Comarca da Ilha; transparência quanto aos critérios para elaboração da tabela de plantão judicial; e participação dos magistrados nas comissões de sindicância e apuração de faltas disciplinares cometidas por servidores.

O corregedor-geral manifestou apoio às solicitações, informando que algumas já estão no planejamento da CGJ-MA e do TJMA, como a realização de concurso público para servidores; cronograma de implantação do Processo Judicial Eletrônico (PJe) e a elaboração de provimento estabelecendo critérios objetivos para designação de juízes auxiliares e substitutos – que serão definidos com a participação dos juízes e buscando priorizar suas aptidões e experiências pessoais.

O presidente da Associação, juiz Ângelo Santos, ressaltou a importância da abertura de diálogo pela Corregedoria e encaminhamento das demandas dos juízes. "Assim continuaremos a avançar em busca da melhoria dos serviços judiciários no Estado, como já vem acontecendo nos últimos anos", frisou.


Assessoria de Comunicação
Corregedoria Geral da Justiça – CGJ/MA
asscom_cgj@tjma.jus.br
(98) 3198-4624

Para acompanhar as notícias do Poder Judiciário, curta nossa página no Facebook.

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2