Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Busca ▼
Mulheres na caminhada em Pedreiras

Mulheres na caminhada em Pedreiras

MOBILIZAÇÃO SOCIAL | Judiciário promove caminhada contra o feminicídio em Pedreiras

O ato foi uma ação conjunta do Poder Judiciário com os municípios de Trizidela do Vale e Pedreiras

14
NOV
2017

11:21

Expressar repúdio aos assassinatos violentos de mulheres que acontecem tão somente pela condição de gênero: Esta foi a temática da grande caminhada realizada em Pedreiras, nesta segunda-feira (13). O evento contou com a grande adesão da população das cidades de Pedreiras e Trizidela do Vale. Na coordenação da caminhada, a juíza Larissa Tupinambá Castro, titular da 3ª Vara de Pedreiras e da campanha “Mulher é Pra Ser Respeitada”, cujas ações de combate à violência contra a mulher têm alcançado destaque em todo o Estado.

“No dia estadual de combate ao feminicídio, é importante que se movimente a sociedade civil para expressar todo repúdio das pessoas de bem ao assassinato violento de mulheres simplesmente por sua condição de gênero. Assim, foi aqui. Pedreiras e Trizidela vestiram preto para demonstrar sua indignação com toda forma de agressão, abuso, insulto e humilhação contra as mulheres. O resgate do respeito e da dignidade para todas é o nosso foco. Afinal, esta luta passa pela articulação dos esforços de todos. De mãos dadas e punhos fechados contra todo tipo de violência, sempre”, expressou Larissa Tupinambá.

A juíza destaca a grande participação da sociedade, principalmente em um momento em que casos de feminicídio acontecem em diversas cidades maranhenses. “Sozinho nada se consegue. A sociedade comprou a ideia, o que nos revigora e emociona”, agradeceu a magistrada. A Caminhada Contra o Feminicídio foi uma ação conjunta entre o Poder Judiciário, através da 3ª Vara de Pedreiras, Secretaria Municipal da Mulher, e o Departamento da Mulher de Trizidela do Vale.

A caminhada contou, ainda, com o total apoio das Polícias Civil e Militar. Em Trizidela do Vale, a saiu da Praça Joaquim Dino e em Pedreiras a saída foi da Praça da Sucam. Foram feitas paradas em pontos estratégicos onde mulheres foram assassinadas. Em cada ponto, a fala dos juízes (Larissa Tupinambá, Marco Adriano Fonseca e Ana Gabriela Costa Ewerton), da delegada da mulher (Silvana), e o comandante do destacamento (Major Ricardo). As duas caminhadas se encontram na praça Corrêa de Araújo onde foi aberta a fala para a sociedade civil e família das vítimas.

Mulher é Pra Ser Respeitada! - A 3ª Vara da Comarca de Pedreiras tem, constantemente, desenvolvido ações dessa campanha, cujo objetivo é conscientizar as mulheres vítimas de violência acerca de seus direitos, buscando estimulá-las a denunciar os casos de maus tratos, agressões, e outras formas de violência.

Entre as ações da campanha, destaque para a II Semana Estadual de Valorização da Mulher, que desenvolveu ações nos municípios que compõem a comarca, Pedreiras e Trizidela do Vale. A programação foi direcionada para a valorização e retomada da autoestima das mulheres e conscientização, como a carreta da mulher com mamografia e preventivo, viva cidadão com emissão de RG, CPF. A campanha “Mulher é Pra Ser Respeitada!” recebeu ‘moção de aplauso’ da Câmara de Vereadores de Pedreiras.

 

Michael Mesquita

Assessoria de Comunicação

Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão

asscom_cgj@tjma.jus.br

www.facebook.com/cgjma

Para acompanhar as notícias do Poder Judiciário, curta nossa página no Facebook.

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2