Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Clique para fechar

MARACAÇUMÉ ESTÁ COM PROBLEMAS DE TELEFONIA

O Fórum da Comarca de Maracaçumé está com problemas de telefonia. A linha que atende na secretaria judicial está inconstante. De acordo com informações de servidores do fórum, ainda não há previsão para que a linha retorne ao normal.

Busca ▼
Corregedora Anildes Cruz acompanha a fabricação de chinelas na APAC Pedreiras.

Corregedora Anildes Cruz acompanha a fabricação de chinelas na APAC Pedreiras.

Corregedora Anildes Cruz conhece trabalho de ressocialização da APAC Pedreiras

05
JUN
2017

11:44

Durante visita à comarca de Pedreiras, no último dia 1º, a corregedora da Justiça, desembargadora Anildes Cruz, conheceu o trabalho de ressocialização desenvolvido pela Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC) de Pedreiras, fundada em 2005, junto aos 139 recuperandos dos regimes aberto, semiaberto, e fechado. A APAC é uma entidade civil, sem fins lucrativos, que se dedica à recuperação e reintegração social dos condenados a penas privativas de liberdade, socorrer a vítima e proteger a sociedade.

A juíza Ana Gabriela Costa Everton, titular da 2ª Vara da Comarca de Pedreiras e responsável pela execução penal, apresentou a unidade à desembargadora, ressaltando a rotina de ressocialização dos apenados. “Eles têm aulas diárias de alfabetização, informática e outros, e estão inseridos na “Laboterapia” que é o aprendizado de arte, pintura, marcenaria, trabalhos artesanais, cultivo de hortas, fábrica de chinelas, dentre outras atividades” explicou a magistrada.

Para Anildes Cruz, o trabalho pioneiro da APAC Pedreiras é reconhecido em todo o Maranhão, e tem contribuído de forma positiva não apenas na ressocialização do apenado, mas para a sociedade em geral, que recebe o homem livre do delito, com a dignidade do saber e a oportunidade de uma profissão.

A corregedora também conheceu o setor Odontológico e a Farmácia APAC, que contam com acompanhamento de profissionais da saúde.

CORAL APAC – Durante a visita, o Coral APAC, composto por apenados da unidade, apresentou canções próprias, com letras voltadas para a reflexão, religiosidade e motivação. Na oportunidade, o presidente da Associação, Enoque Barreto, ressaltou a necessidade de fortalecimento das ações APAC no Estado, que segundo o dirigente, dão verdadeiramente a possibilidade de recuperação dos apenados.

M.A.S, representando os recuperandos, agradeceu o apoio de voluntários, juízes e instituições parceiras. “Se não fosse pelos voluntários e pelo Poder Judiciário, não teríamos essa estrutura que acabaram de conhecer, que nos proporciona, de fato, o retorno à sociedade com condições reais de vencer na vida”, concluiu.

A desembargadora corregedora, emocionada, parabenizou o trabalho da juíza Ana Gabriela Everton, da diretoria da APAC, voluntários e recuperandos. “Todos estão de parabéns pelo belo trabalho desenvolvido em Pedreiras”, finalizou.

Acompanharam a corregedora durante a visita, o desembargador Marcelino Chaves Everton; os juízes auxiliares da CGJ, Gladiston Cutrim, e Rosângela Prazeres; os magistrados da comarca, Marco Adriano (1ª vara), Larissa Tupinambá (3ª vara), e Artur Gustavo do Nascimento (juizado especial); e o coordenador da Defensoria Pública de Pedreiras, advogado Evaldo de Sousa Filho.

 

Márcio Rodrigo

Assessoria de Comunicação

Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão

asscom_cgj@tjma.jus.br

www.facebook.com/cgjma

www.twiter.com/CGJ_MA

Para acompanhar as notícias do Poder Judiciário, siga o nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2