Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Clique para fechar

4º JUIZADO CÍVEL DE SÃO LUÍS SEM TELEFONE

A juíza Marcia Cristina Coêlho Chaves, coordenadora dos juizados especiais do Estado, informa que as linhas telefônicas do 4º Juizado Cível e das Relações de Consumo de São Luís estão sem funcionar, temporariamente, devido às providências para a futura mudança de instalações desse órgão, para o Shopping Passeio - Cohatrac.

Busca ▼
Exposição fica em cartaz até próximo dia 24.

Exposição fica em cartaz até próximo dia 24.

Exposição em cartaz no Fórum de São Luís homenageia as mulheres

14
MAR
2017

13:05

Fica em cartaz até o dia 24 deste mês, na galeria de arte do Fórum Desembargador Sarney Costa (Calhau), a exposição “Impressões de Mulher”, reunindo telas dos artistas plásticos Pascal Bodin, Milton Lozano e Beto Lima. A exposição foi inaugurada no Dia Internacional da Mulher (08 de março), como parte das comemorações promovidas pela instituição.

Os três artistas projetaram nas telas a forma particular de ver a mulher. Ao todo são 15 quadros, alguns em preto e branco, em várias técnicas, entre elas óleo sobre tela. A exposição está aberta ao público de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, na Galeria Celso Antônio de Menezes, instalada no hall do Fórum. O espaço responsável pela promoção das ações culturais que contemplam as artes em geral (teatro, música, artes plásticas, fotografia).

Pascal Bodin trouxe para essa exposição seis obras, na técnica óleo sobre tela. Nascido, no final dos anos 50, na cidade de Tours (França), depois de várias viagens turísticas ao Brasil o artista escolheu, em 2007, morar na capital maranhense, onde vive até hoje. Estudou na Escola Superior de Design Gráfico e Digital “Ecole Brassar” (França), exercendo a profissão por 25 anos como diretor artístico e ilustrador em agências parisienses. Em 2008, já no Maranhão, decidiu se lançar definitivamente na pintura.

Bodin conta que suas primeiras telas foram realizadas com pintura acrílica, em estilo tradicional, realista, com cada cor aplicada em finas camadas sucessivas, com pincel. Somente a partir de 2011 começou a pintura a óleo, líquida e que se torna espessa de acordo com a evolução da tela. “Uma composição gráfica onde as cores têm um lugar importante, um toque de pincel menos preciso, repetitivo, que dá um efeito de movimento”, descreve o autor.

Já o paulistano Milton Lozano, que mora em São Luís há quase 30 anos, trouxe para a exposição “Impressões de Mulher” sete obras, criadas em superfícies redondas, que são a base dos trabalhos do autor pela aura mística existente nos círculos, além de fugir do convencional. Essa é a segunda vez que ele expõe da galeria de arte do Fórum des. Sarney Costa. Na capital maranhense já expôs suas obras também no Espaço de Arte Márcia Sandes, na Procuradoria Geral de Justiça (Centro); na Assembleia Legislativa do Maranhão (Cohafuma); e no Centro de Memória e Cultural do Tribunal Regional do Trabalho do Maranhão (Areinha).

Lozano lembra que começou a desenhar e a pintar ainda na infância, por volta dos sete anos, deslumbrado com os desenhos que via na televisão e procurava reproduzir. Aos 17 anos, mudou-se para a cidade de Ubatuba, no litoral Norte de São Paulo, onde foi pupilo do escultor Pio, com quem aprendeu a fazer entalhe em madeira, criando esculturas com temas do litoral. Já na idade adulta passou a se dedicar à pintura a óleo. Em 1989, mudou-se para o Maranhão, passando trabalhar com a venda de máquinas e implementos agrícolas, em São Luís, e só esporadicamente trabalhava com pintura e escultura. Quando se aposentou, em 2013, passou a se dedicar exclusivamente à arte.

Quem também retornou à galeria de arte do Fórum de São Luís, agora com duas telas em homenagem às mulheres, foi o artista Beto Lima. Sua última exposição no local foi em maio do ano passado, com 16 obras retratando o olhar do artista sobre diversos temas e locais em que esteve ou morou, a exemplo de Veneza e Roma (Itália) e dos municípios maranhenses de Araioses, sua cidade natal; e São Luís, onde vive desde a adolescência.

Beto Lima, que pinta há mais de 28 anos, expôs pela primeira vez em 2005, na galeria Ambrósio Amorim (Rua Afonso Pena), no Centro Histórico de São Luís, e não parou mais. Ele traz na bagagem várias premiações, como o primeiro lugar no Concurso Literário e Artístico Cidade de São Luís, promovido da Fundação Municipal de Cultura, em 2006; além de menção honrosa no Prêmio de Artes Plásticas Márcia Sandes, em 2007, promovido pelo Ministério Público do Maranhão. Além da Itália, tem trabalhos expostos na Suíça, França, Holanda e Espanha.

 

Valquíria Santana

Núcleo do Fórum de São Luís

Para acompanhar as notícias do Poder Judiciário, curta nossa página no Facebook.

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2