Portal do Poder Judiciário do Estado do Maranhão

BG Comunicados
Busca ▼

Boletim do Serviço Social

31
MAR
2008

08:36

O Serviço Social Forense destina-se ao assessoramento aos Juízes da Capital.

O Setor presta seus serviços mediante solicitação dos magistrados, sendo que diversas vezes tais pedidos são provocados pelo Douto Ministério Público e pelos advogados patronos das causas.

O Serviço Social Forense tem sido preferencialmente requisitado para atuar nos processos que tramitam nas Varas de Família, sendo nessa área o maior número de procedimentos que o Setor realiza.

O projeto desenvolvido junto às Varas de Família tem demonstrado grande eficácia, tendo adquirido enorme relevância na avaliação da dinâmica subjacente a cada caso analisado, bem como na procura, por parte das famílias envolvidas, de respostas mais positivas para as questões que, não conseguindo um desfecho conciliatório entre as partes, são resolvidas judicialmente.

Um fator que faz levar à constatação da importância de tal serviço é o aumento bastante significativo dos casos avaliados pelo Setor, o que demonstra a confiança dos magistrados, dos promotores e advogados no desempenho dos profissionais que a compõe.

Pautados numa filosofia de atuação interdisciplinar, assistentes sociais e psicólogos buscam, através da intervenção em cada caso, observar e compreender a dinâmica relacional da família investigada.

Procuram-se detectar os núcleos de conflitos e as possíveis formas de abordá-los juntamente com os envolvidos no caso, uma vez que se acredita ser tal compreensão um fator decisivo para a busca de soluções mais compatíveis com as condições e disponibilidades do grupo familiar.

Os procedimentos adotados pelos profissionais na efetivação de cada estudo são compostos de técnicas mistas. Entretanto, tais unificando dentro das possibilidades os métodos adotados pelo Setor.

O SERVIÇO SOCIAL E AS PENAS ALTERNATIVAS

Com o surgimento dos Juizados Especiais, o Serviço Social passou a atuar junto aos mesmos na implementação do Programa de Penas e Medidas Alternativas onde assegura o acompanhamento dos apenados às instituições acolhedoras, proporcionando condições para o cumprimento da pena e a harmônica integração do apenado à sociedade, trabalho este que foi iniciado junto às Varas de Execuções Criminais há 7 anos.

Contamos atualmente com a parceria de 109 Instituições que recebem os apenados com as penas e medidas alternativas, dentre estas muitas são beneficiadas com os gêneros alimentícios (cestas básicas) resultado da multa aplicada.

Também é gratificante o cunho educativo que as penas exercem naqueles que por circunstância diversas são levados aos tribunais, através de depoimento aos próprios sentenciados e pelas insignificante evasões registradas desde a implantação do Programa de Penas Alternativas há 7 anos.

O Setor de serviço Social encontra-se à disposição para qualquer esclarecimento, critica ou sugestão a respeito do Boletim Social e de seus programas, pelo ramal 172.

aspas É permitida a reprodução do conteúdo publicado neste espaço, desde que citada a fonte.aspas2